moto.com.br

Publicidade:

Moto Dicas

Lavagem correta e caprichada

19 de January de 2008
Compartilhe este conteúdo:
Leandro Alvares

Depois de curtir uma ótima viagem de motocicleta, seja nas estradas pavimentadas ou em regiões de terra e lama, chega o sagrado momento de dar um belo trato na companheira das aventuras. Ainda mais neste início de ano, quando muitos motociclistas retornam das férias. Hora então de lavar a máquina de duas rodas!

Diversas pessoas optam, nos dias de hoje, pelos serviços especializados de lavagem. Em São Paulo, há lugares bastante agradáveis para não somente deixar a moto limpinha, mas também bater papo com os amigos, comer, beber e se divertir. É o caso de ambientes como a Johnnie Wash e a Café Racer Wash, localizadas na zona sul da capital.

Mas quem nunca teve vontade de acordar bem cedo — geralmente no domingão —, pegar um pano, um balde com água e sabão, arregaçar as mangas e dar aquela lavada caprichada na motocicleta?

A esses motociclistas, listamos algumas dicas para evitar qualquer tipo de maltrato involuntário ao equipamento. O primeiro passo é encontrar um lugar tranqüilo e com sombra, para que o sol não incomode nem a moto, nem o dono. Em seguida, preparar o kit de lavagem, composto por balde, querosene, pincel, panos limpos e macios, xampu e água, claro.

“É preciso utilizar xampu neutro e água em temperatura ambiente e com baixa pressão para não danificar componentes da moto”, explica Fabio Carmona, proprietário da Café Racer Wash.

A alta pressão pode estragar a pintura, as faixas e adesivos, além de tirar as graxas dos rolamentos da coluna de direção e da articulação da suspensão traseira. Evite também lavar a moto com o motor quente — não que isso estrague a máquina, mas para se livrar do cheiro ruim de vapor expelido.

Na seqüência, depois de ter molhado a motocicleta com cuidado, pincele querosene para remover os resíduos de óleo e graxa nas áreas do motor, carburador, escapamento, rodas, cavalete lateral e por baixo dos pára-lamas. Enxágüe novamente.

O próximo passo é lavar o tanque, assento, tampas laterais e pára-lamas com o xampu neutro. Use um pano macio; uma camiseta velha por exemplo. Evite concentrar o jato d’água em regiões como os cubos das rodas, interruptores, freios, painel de instrumentos, saída do escapamento e corrente de transmissão para não danificar as peças.

“A pessoa precisar ser muito caprichosa e, especialmente, gostar mesmo de brincar com água”, brinca Carmona, que fala também sobre o momento de enxugar. “É ideal usar um equipamento de ar comprimido na hora de secar, para tirar a água acumulada e impedir que algumas peças enferrujem. Mas quem não tiver isso em casa, deve usar pano limpo e macio”.

Ricardo Medrano, um dos donos da Johnnie Wash, lembra que “moto não é como carro”. “Uma lavagem mal feita pode ocasionar o ofuscamento das partes cromadas, por exemplo. Tem gente que utiliza produtos do dia-a-dia ao lavar a moto e, sem querer, acaba riscando o veículo. Em casa, leva-se pelo menos duas horas para lavar a moto”, destaca. “Se não souber lavar, é melhor deixá-la suja e, quando possível, levá-la a estabelecimentos especializados”, acrescenta.

Após a lavagem, lubrifique a corrente de transmissão e os cabos do acelerador e da embreagem. Ligue o motor e deixe-o funcionar por alguns minutos. Ao dar uma voltinha, tome cuidado com as primeiras frenagens, pois a eficiência dos freios não é a mesma quando estão molhados e frios.

“Meu conselho é que o motociclista lave a moto quando for deixá-la guardada, se possível coberta com uma capa. Quando sair de moto, não se preocupe com a sujeira e curta a viagem”, afirma Fabio Carmona.

Agora que a moto está limpinha, com cara de nova em folha, nada melhor do que definir os próximos roteiros de aventura. Depois, é só ter paciência para repetir o processo de lavagem ou solicitar os estabelecimentos especializados, que garantem um trato com carinho e de primeira qualidade.

Opções de serviço

- Johnnie Wash
End.: Avenida Cardoso Doutor Cardoso de Mello, 570 - Vila Olímpia (SP)
Tel: (11) 3044-1195
Preço: R$ 35

- Café Racer Wash
End.: Rua Conde de Itú, 352 - Santo Amaro (SP)
Tel: (11) 5521-4700
Preço: R$ 23


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

IMS lança novo Avanço universal para guidão

Triumph oferece botas de sua grife no Brasil

Novo conjunto Off Road é a grande novidade da Riffel

Pado lança cadeado para prevenir furtos de motocicletas

BR Motorsport passa a ser a distribuidora da marca Fox Head

LS2 entra no mercado de vestuário

IMS lança Colete Pro, mais resistente e ergonômico

Qual a hora certa para a troca de óleo?

IMS lança novo Avanço universal para guidão

Saiba como escolher um capacete ideal para você

Óleo ou graxa na corrente?

Você conhece os tipos de moto?

A lâmpada da sua moto vive queimando?

CENTRO DE MOTOS ANTIGAS


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras
Ducati Honda CB 600 F Hornet Motos Usadas Kawasaki Motos Novas Fazer Transalp Fipe Yamaha YZF R1 Suzuki Kasinski Moto Velocidade Srad Sundown Motos CBR Harley Davidson MotoGP BMW XT 660 Tornado 600RR Ofertas Shadow Revista Off Road

Siga-nos

ícone orkut ícone youtube ícone twitter ícone facebook ícone rss