moto.com.br
Publicidade:

Yamaha Cage-Six, uma XJ6 feita para manobras radicais

Equipe de designer francês transforma a racional naked média da marca dos três diapasões em stunt bike

14 de November de 2014
Compartilhe este conteúdo:

A Yamaha XJ6 N é conhecida pelo equilibrado conjunto ciclístico aliado ao racional propulsor tetracilíndrico de 600cc. Tudo isso, embalado por um design sóbrio e harmônico. Esse apelo, inclusive, fez com que a moto somasse 1.727 unidades licenciadas no Brasil neste primeiro semestre de 2014, segundo dados da Fenabrave, federação brasileira que contabiliza a distribuição automotiva. No entanto, a equipe do designer francês Nicolas Chapel provou que a naked tem potencial para ir muito além do lugar comum ao criar a Cage-Six, uma genuína stunt bike feita com base no conhecido modelo da Yamaha. 

Para os ainda não iniciados no ramo do motociclismo radical, stunt bikes são modelos comumente utilizados em shows e apresentações acrobáticas. Trata-se, portanto, de uma moto de linha, mas com modificações para deixá-la mais leve, resistente e, em alguns casos, mais potente. “Nós criamos um design funcional, tendo como base o que seria necessário para se fazer manobras com a moto. Não é apenas um exercício de estilo”, comenta Chapel.

Quase original
Outro trunfo no projeto da Cage-Six é o fato dela conservar a maioria dos elementos de série da XJ6. Entre eles estão o motor de quatro cilindros em linha capaz de gerar 77,5 cavalos de potência máxima a 10.000 rpm e torque máximo de 6,09 kgfm a 8.500 giros. Além do propulsor, chassi, suspensão e rodas foram mantidos originais.

Todavia, para funcionar como moto para manobras radicais, a Cage-Six recebeu algumas alterações nos comandos. “Adicionamos um acelerador acionado pelo polegar, semelhante aos usados em motos náuticas, além do convencional, e um manete de freio extra no punho esquerdo. Para melhorar a resposta e ‘puxar mais forte’, instalamos uma coroa maior na traseira.

Naked “engaiolada”
Tendo a funcionalidade como ponto de partida, a equipe estabeleceu algumas metas. A primeira delas era privilegiar a mobilidade do piloto. Assim, foram colocadas pedaleiras semelhantes às de bicicletas de BMX na roda dianteira e no suporte que outrora abrigava os apoios de pés retráteis da garupa. O guidão também recebeu alterações. A começar pela remoção do farol e toda carenagem. Para deixar a área mais livre, o painel digital foi movido para cima do tanque, pouco à frente do bocal de combustível.

Depois, a equipe criou moldes em argila para redesenhar a rabeta e incluir aletas laterais integradas com o tanque para proteger o motor. O mesmo foi feito com o spolier abaixo do quadro e o “number plate” que substituiu o conjunto óptico. Em seguida, com as carenagens extras já prontas, vieram as barras de proteção lateral – com desenho que imita o próprio chassi da moto – que preservam o propulsor de danos mais severos em caso de quedas, comuns quando estamos falando de manobras radicais.

As estruturas tubulares também dão o tom do projeto, uma vez que “cage” significa gaiola, em inglês. “Proteger a moto em si era preocupação chave pra nós, então desenhamos uma ‘gaiola protetora’ totalmente nova para o motor. O design da estrutura ficou tão forte que nós começamos a chamá-la de Cage6, ao invés de XJ6”, conta Nicolas Chapel.

Na rabeta, totalmente modificada, os customizadores instalaram um prolongador para auxiliar em manobras de wheeling, nas quais a moto pode ficar completamente na vertical. E até nisso a equipe encontrou uma forma de sair do lugar comum. “Falando nisso, vocês viram a ‘careta’ que nós fizemos na rabeta? Nós também moldamos a chave de ignição como um abridor de garrafa. Adoramos fazer esse projeto”, complementa o francês.



Fonte:
Agência Infomoto
Compartilhe este conteúdo:

Royal Enfield tem motos customizadas no Wheels and Waves 2017

Kawasaki Ninja H2 volta ao estilo anos 1990 após customização

Regra do Contran sobre modificações em motos gera polêmica

Royal Enfield Bullet G2 é transformada em Bobber

Benta Handmade Machines customiza Kawasaki KLX 650 1996

Honda CBX750 customizada no estilo Scrambler será leiloada

Sunday Ink acontece dia 4 de junho no Tattoo You em São Paulo

Regra do Contran sobre modificações em motos gera polêmica

Kawasaki Ninja H2 volta ao estilo anos 1990 após customização

Royal Enfield tem motos customizadas no Wheels and Waves 2017

Royal Enfield Bullet G2 é transformada em Bobber

Benta Handmade Machines customiza Kawasaki KLX 650 1996

Honda CBX750 customizada no estilo Scrambler será leiloada

Oficinas para customizar sua moto

Comentários

Galeria de vídeos

Galeria de Fotos

Anúncios em Super Destaque