moto.com.br
Publicidade:

Deus ex Machina D-Side é uma máquina eclética

Motocicleta do estúdio de customização italiano desponta com soluções de modernidade e em sintonia com a onda retrô

16 de September de 2015
Compartilhe este conteúdo:

Aldo Tizzani

O que uma moto, uma prancha de surfe e um sidecar têm em comum? Muito, na criativa mente do estúdio italiano Deus ex Machina. Assim, resgatando a essência dos antigos modelos da americana Harley-Davidson, da alemã BMW e da russa Ural e mesclando com uma alma “surfer”, nasceu a D-Side. Construída pela Deus em parceria com a Yamaha, a D-Side teve como base a XV950, uma custom de personalidade forte da marca japonesa e que oferece infinitas possibilidades de transformação.

A D-Side é o terceiro projeto realizado entre as duas empresas. Da ideia à realidade o caminho foi bastante curto, já que marca dos três diapasões deu total liberdade de criação para o estúdio milanês. Moderno em sua concepção, porém com linhas clássicas, no melhor estilo retrô, a D-Side mistura a tendência italiana de cultuar o retrô com o pragmatismo e a busca pela perfeição japonesa.

Depois de passar por um processo de experimentação e inovação, que é a essência da filosofia de Deus, a D-Side apresenta simplicidade em sua montagem, com pouquíssimas adaptações ou soldas, porém esbanjando funcionalidade e conforto.

Basta dar uma passada de olhos na “poltrona” que foi idealizada para transportar o passageiro. Seu desenho, densidade da espuma, tipo de couro e costura. Tudo feito de forma artesanal e pensado para oferecer o máximo de conforto e prazer no deslocamento.

Outro ponto que merece destaque foi a roda instalada no eixo do sidecar. De 19 polegadas e idêntica à roda dianteira da XV950, recebeu um pequeno paralama, além de um monoamortecedor que ameniza as irregularidades do piso. Isso sem falar no suporte para transportar a prancha que fica estrategicamente colocado entre a moto e sidecar.

Menos peso, mais personalidade
Para começar, a ideia inicial foi perder peso, sem perder personalidade. Ou seja, trocar peças do modelo original por itens de materiais mais nobres, como alumínio ou outro tipo de liga-leve, porém sem abandonar as características estéticas e ciclísticas do modelo original.

Entre as principais adequações ao projeto, a D-Side recebeu tanque de alumínio, escape, quadro traseiro, filtro de ar esportivo, assento em Alcantara todos feitos a mão, guidão de motocross e sistema de freios com pinça de seis pistões, desenvolvidos e montados pela Deus. Isso sem contar os pneus “quadrado” Firestone Luxo.

Vale ressaltar que esse kit é vendido pela Deus para os clientes que querem transformar sua Yamaha VX950 ou, se preferir, o motociclista pode ainda encomendar a moto completa para a customizadora com pintura que desejar.

Agora só resta escolher uma praia paradisíaca, uma estrada sinuosa e partir em busca da onda perfeita. Pode ser no Hawai, na África, na Austrália ou mesmo na fluminense Saquarema, berço do surfe brasileiro. Para chegar em grande estilo com conforto e desempenho, à bordo dessa exclusiva D-Side.



Fonte:
Agência Infomoto
Compartilhe este conteúdo:

Suzuki Intruder custom preparada na oficina de casa

Royal Enfield Classic 350 ganha customização Bobber pela Jedi Customs

Estúdio de tattoo Frantic Ink faz desconto especial para motociclistas

Bobber Tiny Bike é projeto para mulheres de Celio Dobrucki

Honda Rebel 500 surge com visual mais vintage dos anos 1970

Indian Motorcycle lança série Chieftain Jack Daniel´s Limited

Benta Handmade Machines: nova oficina de customização em São Paulo

Suzuki Intruder custom preparada na oficina de casa

Oficinas para customizar sua moto

Royal Enfield Classic 350 ganha customização Bobber pela Jedi Customs

Oficina SR Corse Meccanica recria Ducati 999 Street Fighter

Honda Rebel 500 surge com visual mais vintage dos anos 1970

Celio Dobrucki customiza a clássica Indian Scout

Café Racer criada por Tarso Marques sai a partir de R$ 9.990

Comentários

Galeria de vídeos

Galeria de Fotos

Anúncios em Super Destaque