moto.com.br
Publicidade:

A arte de customizar: XT 600 "Zero" por FF Motorcycles!

Conheça a street tracker que a FF Motorcycle fez a partir de uma Yamaha XT 600 de 1996

06 de November de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Paulo Souza

O universo custom, apesar de ser muito abrangente, em diversas áreas nos passa a imagem reestrita de algumas marcas conceituadas como Harley-Davidson, Triumph entre outras centenárias no segmento de motocicletas. Quando se fala em customizar um moto é quase que imediato a imagem destes modelos na cabeça, porém, a customização vai muito além e pode surpreender em alguns modelos. Para mostrar um exemplo fomos até a FF Motocycles, customizadora de São Paulo que transformou uma XT 600 em um modelo street tracker.

Segundo Fabiano Depercia, o Caju, proprietário da FF Motorcycles e o responsável pelo projeto, sua oficina de design trabalha com um estilo minimalista, ou seja, tira tudo o que há de excesso nas motocicletas, e no caso desta Yamaha XT 600 de 1996 não foi diferente. “Quando meu cliente falou sobre esta motocicleta pensei um algo diferente e ao mesmo tempo inovador, foi ai que surgiu a ideia de uma street tracker. O resultado foi muito bom e o agradou bastante”, disse.

A motocicleta recebeu o nome de XT 600 Zero, a pedido do cliente. No total foram dois meses de trabalho até a finalização do projeto, que contou com modificações em toda a parte estrutural e estética, restando apenas a motorização original da moto. O investimento neste modelo foi de R$ 17.000. De acordo com Caju, é possível deixar uma motocicleta customizada e exclusiva em torno de 20 a 25 mil reais.

Confira todas as modificações que a XT 600 Zero recebeu:

Acessórios
Esta motocicleta foi totalmente modificada e recebeu diversos itens adaptadas de outras motos e também desenvolvidas pela própria oficina. Entre os acessórios fabricados pela FF Motorcycle estão o tanque feito sob medida, o banco fabricado em lona de caminhão que recebeu um produto para não conter a água e possui ainda na parte traseira um suporte por baixo para receber a parte elétrica, além das tampas dos reservatórios em alumínio e a sua Bolha frontal.

Foram aproveitadas algumas peças originais também, mas com um toque de criatividade. O guidão é o mesmo original com pintura personalizada e um corte nas laterais para deixá-lo menor. O paralama dianteiro também é o mesmo, porém foi remodelado e colocado na forma invertida.

Outros acessórios que compõe a XT 600 Zero são os novos retrovisores, o farol da Suzuki Boulevard, mini-piscas, lanterna traseira em LED com luzes do pisca e freio embutidos, reservatório de freio traseiro da Lander com deslocamento no chassi e mangueiras de aço (aeroquip). Toda parte elétrica foi para baixo do banco, inclusive a bateria, deixando o modelo com visual mais minimalista.

Estrutural
Na parte estrutural o chassi recebeu pequenas alterações no sub frame, ele foi modificado e o escapamento faz parte da estrutura traseira agora. Este escape é de uma Harley-Davidson original. De acordo com Caju, está difícil encontrar mão de obra qualificada no Brasil para este tipo de serviço. Por isso, ele sempre prioriza a segurança nos modelos que transforma, e isto requer mais tempo e cuidados.

A versão Zero recebeu pintura em todo o chassi, e ainda conta com um novo filtro de ar corneta da Caramori, pneus de uso misto e um protetor de corrente desenvolvido especialmente para esta moto.

O resultado de todas estas modificações foi um modelo street tracker diferenciado e no estilo minimalista, que trabalha a FF Motorcycles. Se encontrar com esta moto na rua dificilmente irá perceber que se trata de uma Yamaha XT 600 de 1996.

Sobre o Caju
Fabiano Depercia, o Caju, iniciou sua carreira internacional como designer aos 13 anos de idade, quando personalizou sua primeira moto. Caju, estudou no Instituto Europeu de Design - IED,  morou em Nova York e em Philadélphia, onde adquiriu muita experiência no segmento custom. Apesar do estilo e formação mais tradicionais, traz um toque contemporâneo e inovador as peças e objetos que desenvolve e customiza. Além de motocicletas cria também peças e acessórios para casa com o que sobra do material. Conheça mais trabalhos do designer no site: www.ffmotorcycles.com.br

Fotos: Paulo Souza



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Suzuki Intruder custom preparada na oficina de casa

Royal Enfield Classic 350 ganha customização Bobber pela Jedi Customs

Estúdio de tattoo Frantic Ink faz desconto especial para motociclistas

Bobber Tiny Bike é projeto para mulheres de Celio Dobrucki

Honda Rebel 500 surge com visual mais vintage dos anos 1970

Indian Motorcycle lança série Chieftain Jack Daniel´s Limited

Benta Handmade Machines: nova oficina de customização em São Paulo

Suzuki Intruder custom preparada na oficina de casa

Oficinas para customizar sua moto

Royal Enfield Classic 350 ganha customização Bobber pela Jedi Customs

Oficina SR Corse Meccanica recria Ducati 999 Street Fighter

Celio Dobrucki customiza a clássica Indian Scout

Honda Rebel 500 surge com visual mais vintage dos anos 1970

Café Racer criada por Tarso Marques sai a partir de R$ 9.990

Comentários

Galeria de vídeos

Galeria de Fotos

Anúncios em Super Destaque