moto.com.br
Publicidade:

Colunistas - Giglio Val

MotoGP Valência: O último dos recordes!

10 de November de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Giglio Val

Pois é... chegou o fim da temporada de 2014. Como no hemisfério Norte o clima é um grande condicionante das competições em céu aberto, de novembro a abril, normalmente, não haverá muito coisa... a não ser esportes de neve.

O motociclismo aqui se despede por este ano, no que consiste em competições de âmbito mundial.

Marc Marquez venceu mais esta! Saiu em 5º no grid de largada, em uma classificação que caiu quando vinha numa volta muito rápida, coube a maior surpresa do ano a pole desta manhã... Valentino Rossi, após mais de 4 anos, saiu na primeira posição.

Marc chega a 13 conquistas e bate o recorde de vitórias em uma só temporada do australiano Mick Doohan.

Numa corrida chove, não chove, acabou não chovendo... Pingos, nada mais.

Rossi foi sim a maior e grata surpresa deste ano. Venceu com certa diferença de Lorenzo, e obteve 2 vitórias e vários pódios.

Sempre manteve seu bom humor. E foi impecável sua tocada.

Hoje, outro grande piloto, Iannone, que saiu em 2º, pulou na frente e liderou por quase 10 voltas... mas seu equipamento, uma Ducati em evolução, não poderia resistir por muito mais .

Mas Iannone que não teve uma temporada brilhante, no final pôde dar uma mostra do que poderá fazer no próximo ano, em uma equipe de fábrica.

A Ducati evoluiu muito este ano, o que eu atribuo muito ao bom piloto e acertador de motos Dovisioso. No próximo ano, se Deus quiser, e se o diabo deixar, a Ducati vai vencer sua primeira corrida após vários anos.

E teremos a Suzuki de volta! Sem muitas esperanças, claro, mas será o reinício de um trabalho. E o aprendizado custa tempo e dinheiro no mundo da velocidade.

Marc, no último terço da corrida assume a liderança e não perde mais. Chega a abrir quase 5 segs de Rossi, que foi firme no segundo posto, fazendo o que de melhor poderia ter feito. Merecido!

Lorenzo, que fez uma corrida meia boca, chegou a fazer uma aposta por chuva, sendo um dos únicos a trocar de moto com pneus de chuva... Dançou, e abandonou no fim. Iannone teve o mesmo destino, em último.

Pedrosa, que em algum momento ameaçou o 2º lugar de Rossi, mas acabou ficando conformado com um 3º. Pedrosa foi mesmo o Pedrosa.

Vimos uma interessante briga em quase toda a corrida entre as Ducati de Dovi e Crutchlow. Este último como franco atirador, quando molhava um pouco a pista parecia ter mais ritmo, e tinha mesmo, que Lorenzo. Mas não tinha nada a perder.

Dovi vence no final o duelo de Bologna.

Pirro foi uma surpresa em 9º, também em uma Ducati.

Luthi vence no Moto2, seguido de Rabat e Zarco. Morbidelli que fez sua melhor classificação do ano, em 3º, andou nos top 5 nas primeiras voltas, mas caiu.

No Moto3, Miller vence, com Viñales em 2º, e Alex Marquez em 3º, que se sagra campeão! A família Marquez está com tudo!

Mas sinceramente não vejo Alex no nível do irmão Marquez. Não creio que no Moto2 conseguirá o mesmo êxito do irmão. Veremos...

Pessoal, chegou o fim da temporada, e chega a hora do bom e velho Giglio sair de férias, e para relaxar, vou dar uma acelerada em algumas pistas na Europa.

Se eu não conseguir um contrato com a HRC no próximo ano, prometo voltar aqui na coluna em 2015!!

Grande abraço aos amigos que me acompanharam este ano, agradeço as críticas sempre necessárias à evolução de qualquer trabalho.

Desejo a todos muitos êxitos e um grande 2015! Fui!

Giglio Val é engenheiro e administrador de empresas. Fundou o Blog do Giglio (gigliof1.blogspot.com), que trata do mundo das competições. Foi patrocinador principal e manager do piloto brasileiro Danilo Lewis, que correu o Italiano de Stock 600cc Michelin Power Cup em 2011 e o SuperBike no Brasil 2011 e 2012, assim como o WSBK Superstock 1000 em duas etapas em 2012. Destemido, segue em busca de outro talento, e trabalha intensamente no projeto “Brasil no pódio da MotoGP”.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

MotoGP Valência: O último dos recordes!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Austrália: Entre erros e injustiças, fez-se justiça

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar

MotoGP Aragón : Show de talento, estratégia e burrice...

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP UK: Na pedra de prata, o retorno da normalidade

MotoGP Catar 2014: Um começo mais que eletrizante

MotoGP vai acabar... Viva as CRT!!

Diego Pierluigi: uma crônica de um campeão!

MotoGP Brno: O recital desafina, mas segue!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras