moto.com.br
Publicidade:

Colunistas - Giglio Val

MotoGP Indianapolis : O que faltou?

19 de August de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Giglio Val

Bom, para começar faltou gente... Se bem que para encher aquelas gigantescas arquibancadas é preciso de mais de 200 mil pessoas!... Mas estava vazio de público sem dúvida.

As edições de Indianápolis , na minha opinião , são meio sem sal . Não foi uma corrida que possamos dizer que foi emocionante.

Marquez largou mal , e da ponta , caiu para 3º . quase que vai para 4º... Mas depois de algumas voltas , ficou patente que ele sobrava atrás de Pedrosa , que por sua vez perseguia , ou tentava perseguir Lorenzo, que liderava com uma excelente largada.

Marquez até que foi “ gentil” com seu companheiro Pedrosa, dando algumas voltas atrás sem fazer muita pressão... Do jeito que sobrava Marc não precisava nem engatar a 6º marcha (rsrsrs)!

Mas finalmente Marquez passa , na elegância,  e rapidamente vai para cima de Lorenzo , que já exibia algum desgaste , e em pouco tempo passa a Yamaha , e dispara na frente.

Pedrosa passa também Lorenzo , e abre 2 segs. Marquez vence a mais de 3 segs  adiante de Pedrosa.

Quem não parecia bem era o Rossi , que chegou a andar em 9º , mas no ultimo 1 terço da prova , parece que deu um “ clique” , e vai para cima enfileirando a galera do 2º pelotão , passa , Smith, Bautista , Bradl e Crutchlow... O doutor chega em 4º , mas não gostei da corrida de Rossi.  Ele esta muito distante de Lorenzo, e chegou a 20segs de Marquez!

Outro que não fez boa corrida foi o jovem Bradl... esperava mais dele , por suas ultimas apresentações... Não teve ritmo nem para o 2º pelotão... Terminou em 7º , mas já tem carteira assinada com a LCR para o próximo ano.

Bautista teve seus altos e baixos, mas ele não consegue manter um ritmo forte por toda a corrida. Costuma ser fogo de palha.
As Ducati se arrastaram , e nem se quer pudemos vê-las na telinha , só na chegada quando a dupla vermelha chega amontada no Smith...que chega em 8º , Hayden em 9º e Dovi em 10º.

Espargaró não pôde fazer nada desta vez com sua CRT... Ficou mesmo no ecossistema natural das CRT... fundão.

De resto não há muito que comentar , talvez a cara de enterro de Pedrosa e Lorenzo , no parque fechado , pois apesar do podium , estão vendo o campeonato derreter , na medida que Marc pega a mão da moto , vai ganhado moral e o mais importante: somando pontos... Já são 26 adiante de Pedrosa, que  por um ano mais é o segundão da equipe.

Aumentam os boatos de que Stoner pode fazer uma aparição “ spot”  em algum GP do fim da temporada , o mais cotado é naturalmente o da Austrália. Será?

Méritos a Rabat que venceu no Moto2 , mas acho que o campeonato vai mesmo ser do Redding! No Moto3 , Eric Granado largou até que bem , em 18º , mas não terminou a prova.

Lentamente sinto que o Eric vem evoluindo , melhor seria é que esta evolução fosse um pouco mais rápida, mas seguimos na torcida dele!

Malas prontas para Brno!... lá as Yamaha devem estar mais fortes, e tem cheiro de VR46 !

Giglio Val é engenheiro e administrador de empresas. Fundou o Blog do Giglio (www.gigliof1.blogspot.com), que trata do mundo das competições. Foi patrocinador principal e manager do piloto brasileiro Danilo Lewis, que correu o Italiano de Stock 600cc Michelin Power Cup em 2011 e o SuperBike no Brasil 2011 e 2012, assim como o WSBK Superstock 1000 em duas etapas em 2012. Destemido, segue em busca de outro talento, e trabalha intensamente no projeto “Brasil no pódio da MotoGP 2015”.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

MotoGP Valência: O último dos recordes!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Austrália: Entre erros e injustiças, fez-se justiça

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar

MotoGP Aragón : Show de talento, estratégia e burrice...

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP UK: Na pedra de prata, o retorno da normalidade

MotoGP Catar 2014: Um começo mais que eletrizante

MotoGP vai acabar... Viva as CRT!!

Diego Pierluigi: uma crônica de um campeão!

MotoGP Brno: O recital desafina, mas segue!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras