moto.com.br
Publicidade:

Colunistas - Giglio Val

MotoGP: Em Misano era só ligar para o 9993-2646 ...

17 de September de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Giglio Val

Pessoal!...que saudades deste maravilhoso circuito...Lugar lindo. A maior  parte do público fica na grama mesmo... e já aproveitam para uma farofinha. Programa de família é o MotoGP na Europa, e não de “índio”, como em outros lugares do planeta.

Misano engana muito!... circuito altamente seletivo, mas travado, apesar de parecer veloz, não é tanto. Retas curtas, e o retão meio curvo no lado oposto, não é ponto de ultrapassagem, basta notar que os caras curvam com o joelho no chão, na primeira perna.

Quantas ultrapassagens vocês viram nesta reta neste domingo?...é muito difícil mesmo passar lá sem comprometer sua próxima curva.

Alias no MotoGP e Moto 2 quantas ultrapassagens vocês viram na reta de chegada. Pois é... Bicho é isso mesmo, o motor nem encheu, e você já está freando. Meio chato.

Do ponto de vista ciclístico, Misano favorece um pouco as Yamaha.  Contudo, eu botava fé no MM93...  sempre andou muito ali. Mas Lorenzo, na unha e raça fez a diferença. Abriu como pode, e administrou como quis.

Marquez largou mal mais uma vez, e lhe custou caro. A perda da freada atrás de Dani, o segundão, lhe custou mais caro ainda. Alias, aquele ponto de freada é o mais “ tinhoso” deste circuito. 75% de todos os pilotos que não terminaram e erraram, foi ali, na reta oposta.

Lorenzo venceu como um grande piloto que é , mas... MM quando não vence, chega em 2º... Aragón, colega, tem cara total de Honda, e de MM93. Circuito veloz, de curvas rápidas.

É o circuito no mundial de maior litragem de testosterona por KM rodado...
Dani, fez o que pode, chegou até a ter um momento de macheza ao ultrapassar Marquez, no ultimo 1/3 da corrida, mas no final, tirou a mão... Não é a dele.

Fiquei chateado com Rossi... 15 segs atrás de seu colega. Não tem ritmo para o primeiro pelotão! Um cara que também perdeu ritmo foi Crutchlow... virou coadjuvante. Bradl, que na minha opinião, não vai mal no campeonato, passa  Carl no final e salva mais alguns pontinhos.

Esperava mais de Bautista. Mas, colega, Misano com Showa, é como Carnaval sem cerveja...hummm.

Iannone me decepciona... Chão de novo. Vai fundar um clube com Abraham...os jardineiros!

As Ducati.... mais do mesmo, e de novo, Dovi na frente. Espargaró com uma posição de grid que poderia ser considerada um fenômeno, 6º, queima a largada de forma escandalosa, foi penalizado, mas salva uns pontinhos chegando em 13º... chegou a andar em 4º, com a largada “171”...

Pitaco técnico: Na minha humilde opinião, o cambio “seamless” novo da Yamanha não mudou muito as coisas.... Foi mais um circuito travado, com uma má largada de Marquez, e um erro na sequencia que facilitou o caminho do competente Lorenzo (Competente mas mascarado...)

A prova dos “9” vem em Aragón.

Não sou “Hondero” como facções radicais dos leitores do ícone Moto.com.br profetizam ...minha primeria moto foi um Yamaha. E a primeira moto, é como o primeiro Valisere, você nunca mais esquece!

Vitória merecida de Pol na Moto2, seguido de Nakagami e Rabat... Redding em 6º não foi tão bem... Mas segue líder.

No Moto3, nosso Eric fez uma espetacular qualificação, largando em 7º, muito bom mesmo!... Mas depois da luz vermelha apagar, os “alazões” voltaram a ser ratinhos, e fez uma corrida para trás, afundando na classificação, e quando parecia ter se estabilizado na 21º posição !...eis que não termina a corrida. É bom menino, e bom piloto sem dúvida, mas esta deixando passar a oportunidade.

Pitacos extra: Primeiro, que escrevo  e assisti esta corrida da Espanha, e apesar das transmissões ufânicas da “Telecinco” , é impressionate como o MotoGP é espanhol... os caras tem cobertura de tudo, exclusivas, insights, verdadeiro show!... é pessoal,  temos de remar muito para ouvir nosso hino por lá...mas vamos nessa!

Segundo, com a chegada quase simultânea dos GPs do Brasil e da Argentina, este humilde colunista, “ Dom Quixote” do motociclismo brasuka, conjuntamente com equipes de topo do motociclismo nacional, já esta trabalhando com possíveis investidores para criar, a nível de “ incubadora” uma equipe de Moto3 e Moto2, para competir apenas nestas etapas sul-americanas, no próximo ano, com o objetivo de lançar jovens talentos brasileiros... e há muitos!...o que falta é grana...mas isso fica para outro post!...fui!

Giglio Val é engenheiro e administrador de empresas. Fundou o Blog do Giglio (www.gigliof1.blogspot.com), que trata do mundo das competições. Foi patrocinador principal e manager do piloto brasileiro Danilo Lewis, que correu o Italiano de Stock 600cc Michelin Power Cup em 2011 e o SuperBike no Brasil 2011 e 2012, assim como o WSBK Superstock 1000 em duas etapas em 2012. Destemido, segue em busca de outro talento, e trabalha intensamente no projeto “Brasil no pódio da MotoGP 2015”.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

MotoGP Valência: O último dos recordes!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Austrália: Entre erros e injustiças, fez-se justiça

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar

MotoGP Aragón : Show de talento, estratégia e burrice...

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP UK: Na pedra de prata, o retorno da normalidade

MotoGP Catar 2014: Um começo mais que eletrizante

MotoGP vai acabar... Viva as CRT!!

Diego Pierluigi: uma crônica de um campeão!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Brno: O recital desafina, mas segue!

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras