moto.com.br
Publicidade:

Colunistas - Giglio Val

MotoGP Catalunya: Mais do mesmo!

17 de June de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Giglio Val

Cheguei a Barcelona na manhã de domingo (16.06), por volta das 8:40hs... Até Montmeló são 25 mins de táxi num domingão de sol, apesar de haver algumas nuvens escuras. Temperatura que chegou a 26º, show de bola... ou melhor, de moto.

Apesar de ser um circuito bonito, e da região ser interessante, eu não gosto desta pista...

Engana muito com relação a pontos de ultrapassagem... A pista é rápida, mas tem freadas muito padronizadas. Passar um piloto meio segundo mais lento é pedrada (não Pedrosa). Mais ainda para quem pagou 120 euros para assistir.

Vamos lá... Dani, como já escrevi antes, larga bem desde que não esteja na pole... Quando sai na frente me parece que perde a referência e perde posição. Hoje não foi diferente.

Logo quem pula na frente?...Lorenzo que saia em 3º... e ele é uma cara enjoado de passar....Grande piloto com bela maquina, tem que ser macho mesmo para ir para cima... Não é a do Pedrosa.

As Honda estão bem, mas esta faltando algo... A vitória é merecida pela Yamaha, que tem um piloto que faz a diferença, apesar de ter pouco carisma, mesmo entre os catalãos.

Marquez não fez uma boa classificação, mas largou bem, e o menino faz a diferença em ritmo de corrida, mas novamente ficou numa procissão atrás de Dani, que apesar de ameaçar Lorenzo, ficou só na ameaça. Chamou-me a atenção a velocidade da Yamaha na reta... Lorenzo bateu 336 km/h!

Nas últimas 10 voltas, com todo respeito, Marc atacou Dani, estava mais rápido, e se consegue passar o companheiro acho que encostava no Lorenzo... mas Dani esteve hoje em seu modo “macho pacas”, e fechou a porta para Marquez... sua briga é com ele e não com Lorenzo.

Ruim para a Honda. Mais uma vitória “blue”.

Outro ponto que chamou a atenção foi o festival de perdas de frente... Bautista, Iannone, Pesek , Hayden , Crutchlow etc. Pista com muita areia!

Carl foi bem todo o fim de semana, e acho que poderia fazer bom papel. Ficou na brita.

Dovi também vi um pouco apagado... no final acabou tomando um toco até do Smith que teve seu melhor resultado até agora.

Hayden pareceu bem até cair, e Bradl fez uma corrida burocrática, mas esteve bem.

E o Rossi?...Seguiu o pelotão da frente em 5° por algumas voltas, mas esta patente que não consegue ter mais o ritmo para o trio espanhol do momento. Uma pena. Na minha singela opinião, acontece com ele o que acontece com outro Deus do esporte... Roger Federer ... Já não tem mais 20 e poucos anos... Os centésimos a mais em reações fazem diferença.

Espargaró é novamente a CRT mais rápida em 8º, e quem diria, Edwards em 9º!

Quem não esta acertando é Iannone... Às vezes parece que vai, mas acaba perdendo ritmo, quando não cai, claro.

No Moto2, vencida por Pol Espargaró com louvor, mas que tem ainda Redding, que chegou em 4º, como líder do campeonato com certa folga. Luthi também fez boa corrida, e já fazia tempo que não estava no pódio. Esteve Rabat foi sombra o tempo todo de Pol, mas seguiu a hierarquia da equipe... bom menino.

Eric Granado vinha entre 17º e 21º posições, sempre se alternando, mas parece que cometeu um erro na última volta e afundou para a 26º posição. Apresentação média para fraca. Acho que ele ainda pode encaixar um top 10 este ano. Precisa desencantar.

Malas prontas para Assen! 

Giglio Val é engenheiro e administrador de empresas. Fundou o Blog do Giglio (www.gigliof1.blogspot.com), que trata do mundo das competições. Foi patrocinador principal e manager do piloto brasileiro Danilo Lewis, que correu o Italiano de Stock 600cc Michelin Power Cup em 2011 e o SuperBike no Brasil 2011 e 2012, assim como o WSBK Superstock 1000 em duas etapas em 2012. Destemido, segue em busca de outro talento, e trabalha intensamente no projeto “Brasil no pódio da MotoGP 2015”.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

MotoGP Valência: O último dos recordes!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Austrália: Entre erros e injustiças, fez-se justiça

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar

MotoGP Aragón : Show de talento, estratégia e burrice...

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP UK: Na pedra de prata, o retorno da normalidade

MotoGP Catar 2014: Um começo mais que eletrizante

MotoGP vai acabar... Viva as CRT!!

Diego Pierluigi: uma crônica de um campeão!

MotoGP Brno: O recital desafina, mas segue!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras