moto.com.br
Publicidade:

Colunistas - Giglio Val

MotoGP Assen: O que há de novo?

30 de June de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Giglio Val

Já sei... Você vai dizer que não houve nada de novo, que Marc vence mais uma, etc. e blá, blá, blá!

Mas sim, houve muitas coisas novas, e boas! Acho que a primeira delas é algo que venho escrevendo há tempos... as Ducati, pelo menos a do Dovi, vem subindo de produção, com um tremendo motor, como de costume, mas cada vez mais equilibrada.

Não poderia segurar o MM93, apesar de tê-lo feito por muitas voltas, ajudado também por uma escapada de Marc no início.

Enquanto a pista esteve bem úmida, Dovi pôde até sonhar com uma vitória, mas conforme foi secando, Marc veio para cima e passou sem piedade e pôs mais de 6 segs na Ducati.

Dovi por sua vez, chegou a mais de 4 segs de Pedrosa, que não esteve mal, mas lutou muito com Aleix que apesar de ter um budget de 10% da Honda oficial, fez um corridaço!

Chuva antes da largada e apostas... Rossi foi para o ás de ouro... Colocou slick mesmo, mas não deu, teve de parar para trocar de moto... não dava ainda, mas el Doctor fez um corridaço também, veio em recuperação do fim da fila para chegar em 5º, e seguir em 2º no campeonato.

Uma corrida medíocre para Lorenzo. Ele está com a moral mais para baixo que barriga de cobra! Não sei ao certo seu problema nesta corrida, mas foi muito mal... Até o Broc Parkes (que correu bem!) chegou a frente dele... Lorenzo em 13º!

Rossi neste momento é de longe o principal piloto da Yamaha, e acho mesmo que Lorenzo já está fazendo as malas... Acho que até pode ficar por falta de opção, mas sem dúvida o ambiente está muito pesado.

Iannone andou bem, e acho que vai ocupar o lugar de Crutchlow no próximo ano, que vem se arrastando na Ducati, apesar de ter feito uma corrida honesta, tão pouco protagonizou absolutamente nada.

Bautista e Smith também vieram na baladinha de sempre, chegaram em 7º e 8º respectivamente.

Bradl, já não esteve bem, chega em 10º, e acho que ele tem equipamento para muito mais...

Já o Colin Edwards, acho que nem precisava esperar o fim do ano para se aposentar, poderia pedir licença para ir ao toalete e sumir...acho que ninguém ia perceber, e se esqueceriam dele rápido, assim restaria mais assento para um jovem piloto que tem mesmo vontade de acelerar...

E quem diria, Abraham não caiu! ...e chegou em 14º pontuando! Outra coisa nova!

O campeão deste ano está definido... Mas, esquecendo isso, torço muito para um Rossi em 2º, o que lhe trará muita força.

Uma coisa que acho interessante é notar a diferença de ruído das duas Hondas, de Marc e Pedrosa... A primeira sempre grita mais, tem um giro mais inconstante e variações mais nervosas... Reparem isso na próxima corrida.

Repito sempre, as Suzuki tem de chegar para dar um animo extra a este campeonato, mas sempre que eles tenham piloto no próximo ano.

Agora nos resta apenas arrumar as malas para a Alemanha, e esperar por uma grande surpresa, para variar um pouco...

Giglio Val é engenheiro e administrador de empresas. Fundou o Blog do Giglio (gigliof1.blogspot.com), que trata do mundo das competições. Foi patrocinador principal e manager do piloto brasileiro Danilo Lewis, que correu o Italiano de Stock 600cc Michelin Power Cup em 2011 e o SuperBike no Brasil 2011 e 2012, assim como o WSBK Superstock 1000 em duas etapas em 2012. Destemido, segue em busca de outro talento, e trabalha intensamente no projeto “Brasil no pódio da MotoGP 2015”.

 

RESULTADOS

 

Points

 

Rider

Nation

Team

1

25

93

Marc MARQUEZ

SPA

Repsol Honda Team

2

20

4

Andrea DOVIZIOSO

ITA

Ducati Team

3

16

26

Dani PEDROSA

SPA

Repsol Honda Team

4

13

41

Aleix ESPARGARO

SPA

NGM Forward Racing

5

11

46

Valentino ROSSI

ITA

Movistar Yamaha MotoGP

6

10

29

Andrea IANNONE

ITA

Pramac Racing

7

9

19

Alvaro BAUTISTA

SPA

GO&FUN Honda Gresini

8

8

38

Bradley SMITH

GBR

Monster Yamaha Tech 3

9

7

35

Cal CRUTCHLOW

GBR

Ducati Team

10

6

6

Stefan BRADL

GER

LCR Honda MotoGP

CLASSIFICAÇÃO

 

Rider

Bike

Nation

Points

1

Marc MARQUEZ

Honda

SPA

200

2

Valentino ROSSI

Yamaha

ITA

128

3

Dani PEDROSA

Honda

SPA

128

4

Andrea DOVIZIOSO

Ducati

ITA

91

5

Jorge LORENZO

Yamaha

SPA

81

6

Aleix ESPARGARO

Forward Yamaha

SPA

67

7

Pol ESPARGARO

Yamaha

SPA

58

8

Stefan BRADL

Honda

GER

56

9

Andrea IANNONE

Ducati

ITA

51

10

Bradley SMITH

Yamaha

GBR

48



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

MotoGP Valência: O último dos recordes!

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP Austrália: Entre erros e injustiças, fez-se justiça

MotoGP Japão: Terra onde não é preciso vencer para ganhar

MotoGP Aragón : Show de talento, estratégia e burrice...

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP UK: Na pedra de prata, o retorno da normalidade

O que ficou de 2013 na alta competição da MotoGP?

MotoGP Malásia: O templo dos recordes!

MotoGP vai acabar... Viva as CRT!!

MotoGP Misano: A bendição dos Deuses e a retratação dos mortais!

MotoGP UK: Na pedra de prata, o retorno da normalidade

MotoGP Catar 2014: Um começo mais que eletrizante

MotoGP Brno: O recital desafina, mas segue!


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras