moto.com.br
Publicidade:

Colunistas - Claudio Teixeira

AMA SX: Vilopotto vence e assume a liderança do campeonato

12 de March de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Claudio Teixeira

Olá amigos internautas do Moto.com.br,

Aconteceu neste sábado a etapa em Daytona - Florida do AMA Monster Energy Supercross. Esta etapa rola junto com o Bike Week que é o maior evento do motociclismo mundial. Tive a oportunidade de comemorar dois aniversários meus neste evento que é o máximo!

No Bike Week o envolvimento com as motos é total e quem participa, além de curtir muito rock`n roll nos vários bares espalhados na Main Street, ainda curte várias modalidades de competições como a motovelocidade, o short track também conhecido como flat track e ainda o AMA SX.

Os fabricantes de motos e acessórios comparecem em peso e montam stands de vendas e test drives aos montes, espalhados na área externa do Daytona International Speedway, trazendo inúmeras atrações aos visitantes que permanecem no evento por uma semana e ainda assim não conseguem ver todas as atrações, que também se espalham pela cidade toda. É um evento impressionante pela quantidade de motos, pessoas, fabricantes, revendedores, pilotos e equipes que se amontoam para curtir o motociclismo. É muito bacana mesmo! Nas edições em que participei ao vivo e a cores jamais presenciei brigas, confusões, furtos ou qualquer outra situação que vemos constantemente em nosso País.

A prova do SX costuma ser a mais longa do ano, já que a pista é localizada no meio do Speedway e permite a construção de uma pista mais longa e que acaba por estender o tempo de prova nas vinte voltas da disputa.

Este ano a pista estava mais elaborada e mais difícil do que nas outras edições. O piso arenoso se deteriorou com rapidez e a prova estava super difícil até para os mais renomados pilotos do planeta. Além dos obstáculos implantados pelas máquinas em número maior do que o normal tinham tantos buracos e cavas que se formaram ao longo dos treinos e das provas classificatórias que dava para ver com nitidez as dificuldades enfrentadas pelos pilotos.

Vilopotto largou bem e fez o holeshot, logo atrás vinham Ken Rockzen e Justin Barcia. Vilopotto se perdeu na saída de uma curva, perdeu a posição e caiu para 3o lugar, mas imediatamente retomou o 2ºo posto de Barcia e partiu para cima de Rockzen que era o novo líder com uma KTM 350. Após algumas voltas partiu para cima de Rockzen, retomou a ponta e sumiu de todos os demais participantes. Barcia logo tomou a posição de Rockzen e tentou dar combate a Vilopotto, mas não conseguiu acompanhar o ritmo.

Logo atrás vinha Dungey seguido por Bubba, Canard e Reed. Millsaps vinha em 12º lugar com muita dificuldade e enfrentando dores no joelho após uma contusão. Bubba cai e perde várias posições enquanto Dungey ultrapassa Rockzen e assume a 3ª posição na prova. A boa disputa fica agora por conta de Rockzen, Canard e Reed que vinham andando juntos. Melhor para os pilotos de Honda. Reed estava motivado e com bom preparo físico que era uma necessidade nesta etapa. Dungey assume o 2º lugar em cima de Barcia enquanto Reed perde a moto em uma reta na chegada de uma curva e cai para a 7ª posição logo à frente de Bubba e logo atrás de Tomac, mas Bubba o ultrapassa e ele cai para a 8ª posição.

Com a participação de duas estrelas da SX2 na SX1 (Ken Rockzen e Eli Tomac), a briga por pontos fica mais complicada, já que eles não ganham nada no campeonato, mas atrapalham aqueles que estão na briga, como Millsaps que ficou atrás dos dois pilotos terminando em 10º lugar e perdendo a liderança para Vilopotto por apenas 2 pontos de diferença. Caso essas estrelas da SX2 não estivessem participando e andando na sua frente ele provavelmente se manteria ainda na liderança do campeonato com o 8º posto.

Reed também estava andando muito e se recuperou bem do tombo, ultrapassou Rockzen e Canard na mesma volta pela 5ª posição e ali ficou até o final.

Os resultados ficaram assim :

1º - Vilopotto
2º - Dungey
3º - Barcia
4º - Tomac
5º - Reed

Na SX2 vimos a primeira vitória do campeão mundial Marvin Musquin seguido por Will Hahn e Jeremy Martin, com Dean Wilson fechando na 4ª posição e ficando um pouco mais atrás na vice-liderança da categoria.

Fiquem ligados que no final de semana que vem a etapa é em Indianápolis no Lucas Oil Stadium.

Boa semana a todos e até lá !

Abs.

Claudio Teixeira (Claudio Tex 21), é piloto veterano e detentor de títulos no Campeonato Paulista de Motocross, dono de um respeitável currículo no mundo das competições Off Road e atualmente é distribuidor dos Lubrificantes Motul. Mais informações no e-mail claudio@motuloil.com.br e no site www.motuloil.com.br.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Confira os bastidores do Motocross das Nações 2016

Veterano Roque Colman acelera em Glen Helen

Moto Story resgata a história de grandes pilotos

AMA SX: Ryan Dungey levanta o troféu em Daytona

AMA SX: Ryan Dungey sai com vitória em Atlanta

AMA SX: Chad Reed é o grande vitorioso em Atlanta

AMA SX: Ryan Dungey sai com vitória em Arlington

Confira os bastidores do Motocross das Nações 2016

Motos 2 ou 4 tempos, qual a diferença?

Alguns segredos dos ajustes de suspensões

AMA SX: Villopoto e Anderson vencem e assumem a ponta

Voltando as origens: Kalango Cego Parque Off Road

Veterano Roque Colman acelera em Glen Helen

Moto Story resgata a história de grandes pilotos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras