moto.com.br

Publicidade:

Acontece

Yamaha inicia venda de scooter elétrico

15 de December de 2010
Compartilhe este conteúdo:

Lucas Rizzollo

A partir do início de 2011 quem entrar em uma concessionária Yamaha na Europa vai encontrar um modelo peculiar à venda. Ao lado da superesportiva YZF-R1 e da big trail Super Ténéré 1200 estará disponível um pequeno scooter chamado EC-03. Diferente das demais motos da marca dos três diapasões, o novo modelo é impulsionado por um moderno motor elétrico.

Enquanto as principais marcas do mercado motociclístico mostravam protótipos futuristas, a Yamaha lançou durante o Salão de Colônia (Intermot), realizado em outubro na Alemanha, um modelo elétrico pronto para a venda. Destinado apenas para o circuito urbano, o EC-03 se destaca por conta da tecnologia embarcada, baixo peso e zero emissões de poluentes e ruídos.

Quando se projeta um veículo elétrico alguns fatores são decisivos, como o rendimento, autonomia e desempenho. Buscando melhorar todos estes itens, a marca japonesa apostou no baixo peso do conjunto. O scooter pesa apenas 56 kg, 30% mais leve que um veículo similar com motor a combustão de 50cc. Isso graças ao seu projeto moderno, design esguio e a utilização de liga de alumínio na confecção do chassi.

As dimensões reduzidas também colaboram, são apenas 1.565 mm de comprimento total e 600 mm de largura. Desse modo, a pequena scooter pode ser transportada facilmente em picapes ou vans. Na hora de estacionar basta apenas travar o veículo com a chave, como em qualquer outra motocicleta.
Toda a ergonomia oferecida pelo banco, guidão e pedaleiras foi projetada para uma posição relaxada e confortável. A altura do banco é de apenas 745 mm.

Fácil de pilotar

A praticidade também não foi esquecida no projeto, basta virar a chave e acelerar. O painel digital em LCD mostra a velocidade, distância e capacidade da bateria.  Para alimentar o motor existe uma bateria de 50 volts, de íon-lítio sob o banco individual. O piloto pode escolher entre dois modos de funcionamento, o “Standard” que usa um modo padrão de entrega de potência e o “Power”, onde a potência máxima é liberada.

Segundo a Yamaha, o EC-03 pode percorrer até 46 km de distância mantendo uma velocidade de 30 km/h em piso plano. Usando o modo “Standard” cada carga tem autonomia média de 30 km. A distância cai para 20 km caso seja usado o modo “Power”.

Para carregar não existe segredo, basta usar o cabo sob o banco e plugar a scooter em uma tomada comum. Um sistema de segurança impede o funcionamento do EC-03 quando ligado na tomada. A carga completa da bateria leva em média 7 horas.

O nome EC-03 vem de eletric commuter enquanto que o numeral 03 indica a terceira geração do projeto, entretanto a primeira a ser vendida – na Itália vai custar 2.390 Euros, cerca de R$ 5.400. Logo é de se esperar que em breve a gama de motos elétricas da marca se amplie. A nova scooter pode não acelerar como a R1 ou atravessar desertos como a Ténéré, mas cruza a cidade de moto prático, econômico e de bem com o meio ambiente.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Foz do Iguaçu (PR) recebe Encontro de Hayabusas

Rumores: Yamaha pode ressuscitar a clássica DT

Honda: Quadriciclo TRX 420 dispensa placa

Bem-vindo ao Mundo CG, uma trajetória da evolução

Honda lança scooter SH 300i e loja pede R$ 23 mil

Vespa, um ícone atemporal no mundo duas rodas

Mobil passa a fornecer no país lubrificante a granel

Nova Brutale 800 muda para ficar mais eficiente nas ruas

Família de motos Honda CB 500 aparece de cara nova

Linha KTM Duke entra em promoção neste mês

Royal Enfield lança trail Himalayan em grande estilo

Dafra Citycom S oferece mais potência no motor

Harley-Davidson apresenta dois novos modelos

Designer imagina a nova BMW G 310 R versão Scrambler


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras