moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Yamaha Racing Team apresenta pilotos e novas motos

Divisão esportiva da fabricante japonesa realizou evento de apresentação dos pilotos e suas máquinas para a disputas de competições para as próximas temporadas

29 de April de 2016
Compartilhe este conteúdo:
A Yamaha Motor do Brasil apresentou seu time de pilotos para as disputas de competições importantes nas próximas temporadas, na pista da ASW, em Mogi das Cruzes (SP). A escuderia Yamaha Racing Team também mantém a parceria estratégica com o Grupo Geração, que tem sua base no Estado de Santa Catarina.
 
A filial brasileira da fabricante japonesa anunciou a participação nas modalidades de competições (Off Road, Road e Racing) com os pilotos Carlos Campano, Jean Ramos, Fábio Santos, nos campeonatos de motocross, Ricardo Martins, em provas de Rally, Rafael Paschoalin, nas corridas de estrada, e os irmãos Meikon e Eliton “Ton” Kawakami, nas provas de pista.
 
A marca dos três diapasões também apresentou aos jornalistas e convidados suas novas motos e o seu programa de treinamento básico de Off Road para clientes especiais e frotistas com as robustas motos TT 230R com conteúdos teóricos e práticos que foram desenvolvidos na pista da ASW em clima de descontração e com muitos tombos na terra.
 
Pilotos da MX1
 
Carlos Campano
Moto: Yamaha YZ450F
Data de nascimento: 15 de setembro de 1985
Cidade natal: Sevilha – Espanha
Onde reside: São José – Santa Catarina
 
Curiosidade: Campano, em 2009 fez sua primeira corrida no Brasil, durante o Mundial de Motocross realizado em Canelinha, Santa Catarina. Conquistou aqui um dos grandes resultados de sua carreira, o sexto lugar na categoria MX1 (atual MXGP). Neste ano também venceu o campeonato espanhol de 450. Em 2010 viveu o ápice ao se tornar campeão mundial de motocross na categoria MX3. No fim de 2011, participou de uma prova internacional realizada em Canelinha, SC. Venceu e começou sua história de conquistas no Brasil. Em 2012, mudou-se em definitivo para viver em São José, na Grande Florianópolis e passou a defender as cores da Yamaha Grupo Geração. Se consagrou então campeão brasileiro de motocross e da Superliga Brasil de Motocross, ambos na categoria MX1. Além disso, é vice-campeão do Arena Cross 2012.
 
Principais títulos: Tricampeão brasileiro de motocross (2012, 2014 e 2015), Campeão do Arena Cross Brasil (2014), Campeão Mundial MX3 (2010), Multicampeão espanhol de motocross...
 
Jean Ramos
Moto: Yamaha YZ450F
Data de nascimento: 28 de fevereiro de 1989
Cidade natal: Curitiba, Paraná Cidade
onde mora: Curitiba, Paraná
 
Curiosidade: Está na equipe Yamaha desde 2015. Em janeiro daquele disputou o AMA Supercross, nos Estados Unidos, defendendo as cores do time azul. Ao voltar para o Brasil, foi vice-campeão brasileiro de motocross e de Arena Cross. Representante do Brasil no Motocross das Nações em duas oportunidades, é hoje o principal piloto brasileiro em atividade.
 
Principais títulos: Campeão brasileiro de MX2 (2011), Campeão brasileiro de supercross Campeão do Arena Cross Brasil, Campeão latino-americano de motocross, Multicampeão paranaense de motocross...
 
Piloto da MX2
 
Fabio Santos
Moto: Yamaha YZ 250F
Data de nascimento: 20 de setembro 1996
Cidade natal: Itatiba, São Paulo
Onde reside: Jarinu, São Paulo
 
Curiosidade: Está na equipe desde 2015. Se destaca pela forma arrojada como pilota sua YZ 250F. Representou o Brasil no Motocross das Nações de 2015, na categoria MX2. É favorito ao título do Brasileiro MX em 2016 na classe das 250.
 
Principais títulos: Bicampeão da Superliga Brasil de Motocross (2012 e 2015)...
 
Piloto de Rally
 
Ricardo Martins
Moto: Yamaha WR 250 e YZ 450F
Categoria: Production Aberta no rally cross country
Nascimento: 24 de maio de 1980
Cidade natal: Florianópolis, Santa Catarina
Cidade atual: Palhoça, Santa Catarina
 
Curiosidade: Desde 2013 Ricardo Martins compete pelo time Yamaha Grupo Geração. Com 35 anos é um dos principais pilotos de rally do Brasil. O catarinense é o atual campeão brasileiro da modalidade e acumula participações em grandes competições internacionais, como o Rally dos Sertões e o Baja Portalegre 500, além de ter em sua estante o troféu do campeonato brasileiro de rally baja e outras competições como Rally Baja Jalapão 500, RN 1500, Rota SC, entre outros. Sua meta é vencer os campeonatos nacionais em 2016 e participar do Rally Dakar em 2017.
 
Principais títulos: Campeão brasileiro de rally baja (2015), Campeão do Rally Jalapão 500, Campeão do RN 1500, Campeão do Rally Rota SC...
 
PILOTOS SATÉLITES
 
MX2
 
Pepê Bueno
Moto: Yamaha YZ 250F
Data de nascimento: 11 de julho de 1997
Cidade natal: Cornélio Procópio, Paraná
Onde reside: Curitiba, Paraná
 
Principais títulos: Campeão do Arena Cross Brasil (2009) e do Paranaense de Motocross nas categorias MX1 e MX2 (2015)...
 
RALLY
 
Daniel Crema
Moto: Yamaha WR 250
Nascimento: 3 de setembro de 1979
Cidade natal: Criciúma, Santa Catarina
Cidade atual: Criciúma, Santa Catarina
 
Principais títulos: campeão do Rally dos Sertões na categoria Marathon e tricampeão catarinense de enduro, bicampeão da Copa ASCPE, pentacampeão da Copa Sul,  heptacampeão da Copa MTC...
 
YAMAHA RACING TEAM – PIKES PEAK
 
Rafael Paschoalin
 
Depois de estabelecer um marco no motociclismo mundial e nacional como primeiro piloto brasileiro no TT Isle of Man, uma das competições mais tradicionais e perigosas do globo, o piloto Rafa Paschoalin, 32, se prepara para uma subida de montanha extrema.
 
Profissional dos esportes a motor, Paschoalin, será o primeiro brasileiro – mais precisamente o primeiro piloto latino americano, a participar do Pikes Peak International Hill Climb, também conhecida como Corrida Para as Nuvens, que acontece dia 28 de junho em Colorado Springs, nos Estados Unidos. Essa é a segunda corrida mais antiga dos Estados Unidos, que acontece desde 1916 e neste ano comemora 100 anos, perdendo apenas para Indianápolis (1909). Nesse último século o traçado original, com cerca de 20 km e 156 curvas começou sem pavimento e por muitos anos foi misto: asfalto e terra, e desde que foi 100% pavimentada passou a acumular uma avalanche de recordes. A subida tem 156 curvas e esse ano, a competição comemora 100 anos.
 
Paschoalin irá para a disputa com uma Yamaha MT-07. A possibilidade de usar a MT-07 surgiu este ano, com a mudança do regulamento para essa edição, que a partir de agora não aceita mais motocicletas com semiguidões, ou seja, apenas motos que tenham originalmente o guidão sobre a mesa são aceitas. Além do guidão plano, a MT-07 é bastante equilibrada na distribuição de peso com motor pendurado como elemento estrutural do chassi, apresentando uma geometria e centralização de massa que resulta em leveza nas mudanças de direção e ciclística invejável.
 
Mas o que melhor a define, como The Dark Side of Japan é seu motor bicilindrico crossplane de 689 cc e 74,8 CV. Leve e compacto entrega torque em baixas e médias velocidades, sem perder em alta - elasticidade, contribuindo nas retonadas o que em conjunto com o escalonamento do câmbio de seis velocidades faz da MT-07 a escolha certa para alcançar às nuvens. Além de superar os efeitos da altitude no PPIHC, onde os pilotos largam a mais ou menos 2300 m de altitude e cruzam a linha de chegada a mais de 4300 m, onde o ar rarefeito castiga máquinas e pilotos.
 
YAMAHA RACING TEAM ON-ROAD – R3 CUP E SUPERBIKE MULTIMARCAS 300cc
 
Meikon Kawakami e Ton Kawakami
 
O maior campeonato de motovelocidade das Américas, o SuperBike Brasil terá uma novidade e tanto para a temporada deste ano, a Yamaha R3 Cup. A intenção é aumentar a inclusão de pilotos iniciantes na categoria. Na R3 Cup, todos os participantes irão disputar as provas com a bicilíndrica de 321 cilindradas, YZF-R3.
 
Serão oito provas da Yamaha R3 Cup no calendário de 2016. A Yamaha contará com uma equipe oficial para o SuperBike Brasil, participando da também nova categoria, “300 cilindradas Multimarcas”.
 
A equipe conta com dois pilotos que vão dar muito o que falar, os irmãos nipo-brasileiros Ton (15 anos) e Meikon Kawakami (14 anos). Eles voam baixo, Ton foi campeão das 100 milhas de motovelocidade (2014) e Meikon foi campeão brasileiro de 250cc (2014) e além disso disputa em 2016, juntamente com a competição no Brasil, a Moriwaki Cup na Europa (uma das categorias de acesso à MotoGP).
 
Motos Yamaha - preços e condições 
 
TT-230R 
A TT-R 230 tem motor 4 tempos, 230 cc, freio dianteiro a disco, partida elétrica, suspensão traseira com link, cores e grafismos inspirados nos modelos internacionais de competição. Ideal para trilha e lazer. 

É equipada com motor monocilíndrico, quatro tempos de 230 cc, OHC, refrigerado a ar e com duas válvulas no cabeçote, que fornece torque e potência em ampla faixa de utilização para o off road.

As rodas têm 21 polegadas na dianteira e 18 polegadas na traseira, ambas em alumínio. O freio dianteiro é a disco enquanto que o traseiro é a tambor. O propulsor "respira" por meio de um filtro de ar úmido alojado em uma caixa de maior tamanho, projetada de forma a impedir a aspiração de poeira principalmente em trilhas. 

Preço publico sugerido: R$ 13.040 mais frete

XTZ125
A XTZ 125 E tem suspensão Active Monocross, roda dianteira de 21 polegadas, baixo custo de manutenção, economia de combustível, freio a disco, partida elétrica, motor 125cc e design que segue os demais modelos Off Road da Yamaha. A XTZ 125E tem corta-corrente e trava na chave, proporcionando mais segurança e comodidade no dia-a-dia.

Assento Off-Road, posição de pilotagem e funcionamento do motor com respostas rápidas, o que garante mais prazer na hora de pilotar. Exclusivo sistema Active System, que elimina os links da suspensão convencional, diminui o peso e facilita a manutenção.

Preço publico sugerido: R$ 8.800 mais frete

XTZ 250 LANDER
Além do forte apelo off-road, alusivo aos modelos de competição da Yamaha, a Lander 250cc conta com a nova geração do sistema BlueFlex, que permite abastecer a motocicleta com gasolina, etanol ou com a mistura dos dois combustíveis. O estilo trail com disposição para encarar terrenos desafiadores, já impresso no DNA dos modelos da Yamaha, é a característica mais marcante da Lander 250. A nova Lander 250 é equipada com motor monocilíndrico de 249,45 cm³ com comando simples no cabeçote (SOHC) e de arrefecimento misto, uma vez que conta com o auxílio de um radiador de óleo. O motor com pistão forjado e cilindro revestido de cerâmica dispersiva de calor é capaz de gerar até 20,7 cv quando alimentado com gasolina e 20,9 cv com etanol, ambos atingidos a 8.000 rpm. O torque máximo, por sua vez, é de 2,10 kgf.m com etanol e 2,09 kgf.m com gasolina, disponíveis a 6.500 giros.

Preço publico sugerido: R$ 14.990 mais frete

YZF R3 
A Yamaha produz no Brasil o modelo global YZF-R3, que se destaca pelo design e excelente performance. A R3 é equipada com motor de 321cc, 2 cilindros em linha, 4 tempos, DOHC, arrefecimento líquido, 4 válvulas por cillindro e injeção eletronica. Com potência máxima de 42 cv e torque de 3,02 kgfm, motor possui materiais nobres para extrair sua melhor performance com menor peso, menos vibração, mais conforto e melhor dissipação de calor, com os pistões forjados em alumínnio e o cilindro com a tecnologia DiASil Yamaha, fabricado com 80% de alumínio e 20% de Silício. Dispnível nas versões STD e ABS, a R3 possui freios a disco nas duas rodas rodas, sendo o dianteiro flutuante de 298 mm e o traseiro com 220 mm de diâmetro.

Preço público sugerido: R$ 21.390 (frete incluso) Condição de 20% de entrada + 12X sem juros de R$ 1.499 ou 24X de R$ 846 com taxa de 0,99% a.m. 

Para participar do SBK Brasil há condição exclusiva - motos subsidiadas com desconto para pilotos da categoria no e-mail atendimento@superbike.com.br ou (11) 5641-4166.

MT-07
A MT-07 se destaca pelo design singular e agressivo, performance e tecnologia de ponta, altas características da família MT. Uma naked que exibe força e linearidade com seus dois cilindros, proporcionando facilidade de pilotagem, graças ao excelente torque, resultando em agilidade, diversão e esportividade. O compacto e potente motor, proporciona alta performance, enquanto o peso reduzido e a massa centralizada combinam perfeitamente, garantindo agilidade e facilidade na hora da pilotagem.

Desenvolvido especialmente para a MT-07, o motor DOHC quatro tempos com dois cilindros em linha, baseado na tecnologia Crossplane, conta com refrigeração líquida, quatro válvulas por cilindro, sendo 8 válvulas no total, e 689 cilindradas que alcançam 74,8cv atingidos a 9.000 rpm e torque de 6,9 kgfm a 6.500 rpm. O conceito Crossplane - utilizado em outras motocicletas Yamaha, inclusive na motocicleta campeã do MotoGP, a M1 - foi pensado para melhorar o torque e entrega de potência do motor.

Preço público sugerido: R$ 29.158,00 (frete incluso) Condição entrada de 30% + 12X sem juros de R$ 1.775 ou 36X de R$ 729 com taxa de 1,17% a.m.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Harley-Davidson pode estar interessada na compra da Ducati

Ducati Multistrada 1200 Enduro Pro foge do tradicional

Bike Fest Tiradentes acontece entre 21 e 25 de junho

Husqvarna apresenta a radical supermoto FS 450

KTM tem nova fábrica nas Filipinas para motos compactas

Boletim MOTO.com.br - Notícias de motos em 30 segundos (17/06/17)

BMW anuncia G 310 R preço sugerido de R$ 21.900 no Brasil

BMW anuncia G 310 R preço sugerido de R$ 21.900 no Brasil

Triumph lança novas Street Scrambler e Bobber no Brasil

MV Agusta RVS #1 é a nova máquina da marca italiana

Ibira Moto Point está de volta ao Ginásio do Ibirapuera

Ducati Multistrada 1200 Enduro Pro foge do tradicional

Honda anuncia linha 2018 da aventureira NC 750X no Brasil

Bike Fest Tiradentes acontece entre 21 e 25 de junho


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras