moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Yamaha anuncia recall para a motocicleta MT-09

Convocação da marca japonesa prevê a realização de serviço de verificação gratuita da coroa da roda traseira, que pode apresentar defeito

30 de November de 2015
Compartilhe este conteúdo:

A Yamaha Motor da Amazônia está convocando os proprietários das motocicletas MT-09, modelo 2015 e 2016, para o agendamento em uma concessionária autorizada para verificação gratuita da coroa da roda traseira. Caso seja constatado que a peça faz parte de um dos lotes defeituosos, será realizada a substituição da transmissão secundária da motocicleta sem custo para o proprietário da moto.

Segundo comunicado de recall da Yamaha, devem agendar a vistoria em uma concessionária da marca japonesa as motocicletas MT09A, modelo 2015 e 2016, com numeração de chassis entre 9C6RN3520F0000101 e 9C6RN3520G0001420.

A fabricante dos três diapasões informa que o recall foi anunciado para a MT-09 em razão de uma inconformidade no tratamento térmico da referida peça, pode ocorrer a sua ruptura com a motocicleta em movimento, cujo fragmento desprendido poderá atingir o condutor, passageiro ou terceiros, com risco de acidente e lesões.

O informe da Yamaha diz que o tempo médio de atendimento na concessionária é de cerca de 1 hora. Para informações adicionais, basta consultar o site yamaha-motor.com.br ou entrar em contato pelo telefone 0800774 3738, no horário comercial.

Com base no Código de Defesa do Consumidor, o Procon de São Paulo ressalta que a legislação estabelece, em seu artigo 10, que: “O fornecedor não poderá colocar no mercado de consumo produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança.

§ 1º O fornecedor de produtos e serviços que, posteriormente à sua introdução no mercado de consumo, tiver conhecimento da periculosidade que apresentem, deverá comunicar o fato imediatamente às autoridades competentes e aos consumidores, mediante anúncios publicitários."

Outra questão importante, que deve ser observada pelos consumidores, refere-se a exigência do comprovante de que o serviço foi efetuado, documento que deverá ser conservado e repassado adiante, em caso de venda. Caso tenha sido comercializado mais de uma vez, o atual proprietário terá o mesmo direito ao reparo gratuito.

Os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos.

Foto: Yamaha/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Honda e Yamaha avaliam expansão de motos elétricas no Japão

Boletim MOTO.com.br - Notícias de motos em 30 segundos (21/07/17)

Ducati Multistrada 2018 terá motor de 1.260 cc

Motocar lança novos modelos de triciclo no Brasil

Grupo Orange BH apresenta nove modelos KTM e Kawasaki novos

Kawasaki Vulcan S 2018 é lançada com novas versões no Brasil

Indian embarca na onda retrô com nova Scout Bobber

Kawasaki One vende única Ninja H2 Carbon do Brasil

Honda NXR 150 Bros 2008 chega com diferenciais

Ducati Monster 1200 S é apresentada no Brasil com preço competitivo

Indian embarca na onda retrô com nova Scout Bobber

Kawasaki Vulcan S 2018 é lançada com novas versões no Brasil

Ducati Multistrada 2018 terá motor de 1.260 cc

CNH vencida passa a valer como documento de identificação


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras