moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Veículos elétricos podem fazer recarga em áreas públicas

Proposta da Câmara dos Deputados prevê obrigatoriedade do serviço pelas distribuidoras de energia

22 de April de 2014
Compartilhe este conteúdo:

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), aprovou uma proposta que obriga as concessionárias de energia a instalar pontos de recarga de baterias de veículos elétricos (carros, motos, bicicletas etc.) junto às vagas de estacionamento público. A proposta também determina que caberá ao Executivo (Presidência da República) criar incentivos para a instalação de tomadas para recarga desses veículos nas garagens de prédios residenciais.

O relator da proposta, deputado Eduardo Sciarra (PSD-PR), recomendou a aprovação do texto, que é o substitutivo aprovado pela Comissão de Minas e Energia, ao Projeto de Lei 4751/12, dos deputados Heuler Cruvinel (PSD-GO) e Onofre Santo Agostini (PSD-SC). Como tramitava em regime conclusivo, a proposta deve seguir para o Senado.

Segundo o substitutivo, para que a lei comece a valer, ela deverá ser antes regulamentada pelo Executivo, com a definição das condições de fornecimento da energia e os ajustes necessários nos contratos de concessão das empresas distribuidoras.

O projeto original determinava a entrada em vigor da nova lei logo após a publicação, e a regulamentação pelo Executivo em até 90 dias. Na CCJ, essa mudança também foi importante para aprovar a proposta, uma vez que ainda não há uma frota de carros elétricos ou mesmo híbridos que justifique a medida imediatamente.

Segundo o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), a frota de veículos elétricos no Brasil é estimada em aproximadamente 2,2 mil unidades, de acordo com números do final de 2013. Para os especialistas no segmento, os altos preços desses modelos e a falta de uma infraestrutura adequada para possibilitar a recarga das baterias estão entre os fatores que dificultam a expansão deste segmento no país.

Um dos grandes objetivos dessa proposta é evitar que o mercado brasileiro fique defasado em relação às inovações tecnológicas da indústria automobilística na emissão de emissões. Na Europa, por exemplo, já existe uma estrutura de rede com mais de 1,5 mil pontos de abastecimentos para veículos elétricos. As informações são da Agência Câmara Notícias.

Foto: Alexandra Martins (Câmara dos Deputados)/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Moto voadora Hoversurf Scorpion-3 vira solução áerea

KTM anuncia lançamento da linha de enduro 2017 no Brasil

Segundo ANEF, financiamentos têm queda de 9,9% em 2016

Olha o Carnaval aí gente e fique ligado no trânsito

Kawasaki Z900 esbanja potência e oferece pouca eletrônica

Ao Vivo: KTM apresenta equipe oficial da MotoGP em 2017

Honda e Hitachi anunciam parceria para veículos elétricos

BMW F 800 GS Adventure aparece com novos recursos

Honda XRE 300 Adventure ganha nova edição especial

Honda CB 500F em promoção com bônus de fábrica

Ducati XDiavel S é premiada em Nova York

LifeMotosBr: CB Twister - Invista 10% em equipamentos

Ducati anuncia condições especiais até o fim de fevereiro

Yamaha CRUX Rev tem motor de 110cc e preço de US$ 900


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras