moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Retrô Suzuki Van Van ganha motor maior e injetado

Modelo compacto e simpático da marca japonesa ganha propulsor de 200cc, melhorias na ciclística e no visual

22 de January de 2016
Compartilhe este conteúdo:

A Suzuki Van Van faz parte de um seleto grupo de motos que tem personalidade própria. De longe é possível identificar o modelo, mistura entre street e scrambler. Traz escape alto, pneus “balão” de uso misto, além de simplicidade mecânica e facilidade de pilotagem. Parece uma releitura da antiga Suzuki RV90 da década de 1970. Apresentada no último Salão de Motos de Milão, que aconteceu em novembro, na Itália, a nova geração da moto nipônica ganhou uma série de melhorias. A principal delas é a adoção do novo motor de 199 cm³, quatro tempos e alimentado por injeção eletrônica de combustível. Este monocilíndrico tem comando simples no cabeçote, o que garante fácil e barata manutenção.

Simpática, a moto está focada no público jovem que quer um modelo descolado para ser usado no dia a dia, mas que possa ir até a praia no final de semana. Por isso, a Van Van se transformou ao logo do tempo em sucesso de vendas nos países europeus. Ou seja, trouxe o consumidor novamente ao mundo real, cheio de sensações e novas experiências.

Além de aumento de capacidade cúbica – originalmente o modelo tinha motor de 125cc e alimentado por carburador -, a Van Van 200 está mais econômica e, segundo a fábrica, oferece acelerações mais suaves a cada troca de marcha. Para ajudar a manter controlada a temperatura, o motor conta com sistema de refrigeração mista – ar e radiador de óleo. Traz ainda câmbio de cinco velocidades. Os números de desempenho não foram divulgados pela Suzuki.

Com 2.140 mm de comprimento e 128 quilos a seco, a Van Van 200 traz melhorias também no que se refere à ergonomia e conforto. O modelo 2016 conta com partida elétrica, um generoso assento único com 770 mm de altura que facilita as manobras em baixa velocidade. Sobre o para-lama traseiro uma pequena bolsinha (similar a utilizada pela Honda XR 200), na qual o motociclista pode levar ferramentas, a tradicional “arranha” elástica para acomodar bagagens ou simplesmente uma bermuda se for tomar um banho de mar.

Melhorias ciclísticas
Entre suas principais características ciclísticas e funcionais, a Van Van 200 conta na dianteira garfo telescópico tradicional com tubos de 33 mm e curso de 130 mm - e 220 mm de distância de solo. A Van Van 200 traz freio a disco com cáliper de dois pistões na dianteira. Na traseira, suspensão monoamortecida e freio a tambor. Para ajudar a absorver os impactos, essa Suzuki usa roda aro 18 na frente, calçada com pneu 130/80; já atrás, uma pequena roda de 14 polegadas com um largo pneu 180/80. 

Para completar, esta releitura dos modelos da década de 1970 tem um estreito tanque com capacidade para apenas 6,5 litros de combustível. O painel de instrumentos segue a linha minimalista: analógico tem fundo preto com números brancos e conta com velocímetro e dois hodômetros. O modelo está disponível em três opções de cores: azul, cinza e preto. Na Europa sua principal concorrente é a Honda MSX 125, que traz visual mais radical e boa dose de mobilidade. Recentemente, a Kawasaki mostrou sua Z 125 para disputar o mesmo segmento. Quem gostaria de ter essas compactas e estilosas “motinhos” para rodar aqui no Brasil?

TEXTO: Aldo Tizzani / Agência INFOMOTO
FOTOS: Divulgação



Fonte:
Agência Infomoto
Compartilhe este conteúdo:

"All for Freedom, Freedom for All" é novo mote da Harley

Vídeo: Motociclista sobrevive a queda em abismo nos EUA

Dublê morre em acidente de moto na gravação de Deadpool 2

IPT faz testes com jaquetas com airbags para motociclista

Yamaha XTZ 250 Ténéré com novas cores na linha 2018

Inglaterra estuda exército no combate ao crime com motos

Boletim MOTO.com.br - Notícias de motos em 30 segundos (12/08/17)

Honda anuncia nova CB 190X Tourism em evento na China

Honda equipa motos CG 160 com freios CBS na linha 2018

Ranking das motos mais vendidas em julho de 2017

Abraciclo: Produção de motos com grande alta em julho

Indian renova Scout Bobber, Roadmaster Elite e Springfield Dark Horse

Honda renova família CB 500 com novas cores e grafismos

Yamaha XTZ 250 Ténéré com novas cores na linha 2018


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras