moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Quadriciclos Shineray têm preços na faixa de R$ 10 mil

16 de April de 2015
Compartilhe este conteúdo:

A Shineray do Brasil disponibiliza ao público três modelos de quadriciclos, veículos de quatro rodas que têm conquistado os amantes de práticas ao ar livre, seja no litoral ou na zona rural, atendendo necessidades de trabalho e entretenimento. Os veículos têm motorização que variam entre 150cc e 250cc e com preços que giram em torno de R$ 10 mil.

A linha de quadriciclos Shineray pode ser encontrada em seus representantes presentes em 25 estados brasileiros. Para checar o local de vendas mais próximo, os interessados em conhecer essas máquinas podem acessar o site shineray.com.br.

Quadriciclos
Future 150 – Com preço sugerido de R$ 9,8 mil, o modelo possui capacidade de carga máxima de 150 kg, 5,6 litros de combustível no tanque, motor de 150 cilindradas, câmbio CVT, embreagem automática e velocidade máxima de 55 km/h. O modelo também possui bagageiro para passageiro, farol duplo e freio traseiro a disco.

Bravo 200 – O modelo possui preço sugerido de R$ 10,6 mil e motor de 200 cilindradas, câmbio CVT com embreagem automática, capacidade de 6,6 litros de combustível e velocidade de 62 km/h. A capacidade de carga máxima é de 150 kg e o modelo possui bagageiros dianteiro e traseiro, embreagem automática e e freios dianteiro e traseiro a disco.

Strong 250 (foto) – Com preço sugerido de R$ 10 mil, o quadriciclo possui motor de 250 cilindradas e com capacidade de 5,0 litros de combustível e velocidade de 50 km/h. O modelo também é adaptado para receber passageiro com carga máxima de 150 kg. Além de farol duplo e partida elétrica, o modelo também possui amortecedores dianteiros a gás, painel digital e freio traseiro a disco.

Para poder aproveitar ao máximo a sensação e liberdade com autonomia, segurança e estabilidade que só um quadriciclo pode oferecer é importante ficar atento às regras de trânsito que regem o assunto.

Pilotagem e circulação – Para conduzir um veículo automotor, é necessário ser habilitado na categoria ‘B’ ou superior. Este tipo de veículo pode ou não ser licenciado de acordo com a legislação de cada Estado.

Capacetes – o uso do capacetes para piloto e carona no quadriciclo é obrigatório. O assunto foi regulamentado pela Resolução 257 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), em vigor desde 2007.

Regras de circulação - O art. 3º do Código de Trânsito Brasileiro estabelece que “as disposições deste Código são aplicáveis a qualquer veículo, bem como aos proprietários, condutores dos veículos nacionais ou estrangeiros e às pessoas nele expressamente mencionadas”, portanto a pilotagem de quadriciclos deve seguir as mesmas regras estabelecidas para outros veículos com relação à circulação em vias urbanas ou rodovias.

Foto: Shineray/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

KTM oferece as motos de enduro com bônus de fábrica

Abraciclo: Produção de motos recua ao patamar de 2002

Ducati lança aplicativo para simular financiamento de motos

Triple Triumph inaugura nova loja em Miami (Estados Unidos)

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Salão Moto Brasil tem muitas atrações no Rio de Janeiro

Honda apresentará Rebel 500 no Salão de Verona (ITA)

Nova Kawasaki Ninja H2 Carbon chega por R$ 164 mil

Honda apresenta linha 2017 da aventureira XRE 300 no país

Polícia de SP vai combater crime de Triumph Tiger 800 XCx

Triumph revela linha 2017 da Street Triple na Inglaterra

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Clássica Honda CB 1100EX chega aos EUA

Honda mostra moto que se equilibra sozinha na CES 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras