moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Proteste lança Cartilha dos Motociclistas

Publicação da entidade de direitos do consumidor orienta sobre questões de segurança e harmonia no trânsito

16 de September de 2013
Compartilhe este conteúdo:

Como parte das ações da Semana Nacional de Trânsito comemorada a partir desta quarta-feira, entre os dias 18 a 25, a associação de consumidores Proteste a lança a Cartilha do Motociclista. A publicação online está disponível no site proteste.org.br/cartilhas e trata da segurança no trânsito, com foco na prevenção.

No ano passado houve 60 mil mortes no trânsito, mais do que as causadas por homicídio ou doenças como câncer. Cerca de 40% das vítimas estavam em motocicletas.  Por isto, a entidade decidiu produzir esta cartilha como contribuição à segurança no trânsito. 

Respeitar as normas de trânsito e a sinalização, usar os acessórios de segurança e observar as dicas de conservação dos veículos, são algumas das dicas para superarmos estes tristes índices de acidentes, feridos e mortos. 

Não foi por acaso que este meio de transporte se multiplicou no Brasil. São veículos bem mais baratos do que automóveis, e seus condutores conseguem cumprir trajetos em poucos minutos, porque se deslocam entre carros, ônibus e caminhões. 

O tema escolhido pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para a campanha deste ano é: “Álcool, outras drogas e a segurança no trânsito: efeitos, responsabilidades e escolhas”. Uma das causas mais comuns dos acidentes de trânsito envolvendo motocicletas é a bebida alcoólica. Por isso, a cartilha alerta para o risco dessa combinação fatal.

Conduzir moto sob efeito de bebida alcoólica é considerado infração gravíssima (sete pontos na carteira de habilitação) e implica em multa de R$ 1.915,30, além da cassação da Carteira Nacional de Habilitação, retenção e remoção do veículo, suspensão do direito de dirigir e detenção por seis meses a três anos. 

Veja as dicas da cartilha:

• Nos semáforos, sempre pare sobre a linha divisória da pista. 

• Se parar atrás do carro, outro condutor pode não ter tempo o suficiente para brecar o veículo e bater na traseira da sua moto. 

• Procure sempre andar na mesma pista. Se o motociclista à sua frente frear bruscamente, pare a moto também, pois ele pode ter visto algo que você ainda não percebeu. 

• Só ultrapasse pela ESQUERDA, sempre sinalizando adequadamente.

• Evite “costurar” em vias de maior velocidade, pois os motoristas não esperam que uma moto venha do lado de seu veículo nesses locais. Caso haja alguma colisão, os estragos serão bem maiores, tanto materiais quanto para a integridade física dos seus ocupantes. 

• Mesmo durante o dia é fundamental andar com o farol aceso, para que haja mais visibilidade do veículo. 

A Semana Nacional de Trânsito prevista no artigo 326 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) tem como objetivo fazer o cidadão refletir sobre sua responsabilidade enquanto cidadão e integrante do sistema viário.

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Linha Sportster da Harley-Davidson completa 60 anos

Megacycle acontece pela primeira vez em Paraty (RJ)

Kawasaki divulga nova tabela de preços de suas motos no Brasil

"All for Freedom, Freedom for All" é novo mote da Harley

Vídeo: Motociclista sobrevive a queda em abismo nos EUA

Dublê morre em acidente de moto na gravação de Deadpool 2

IPT faz testes com jaquetas com airbags para motociclista

Yamaha XTZ 250 Ténéré com novas cores na linha 2018

Dublê morre em acidente de moto na gravação de Deadpool 2

Kawasaki divulga nova tabela de preços de suas motos no Brasil

Ranking das motos mais vendidas em julho de 2017

Honda anuncia nova CB 190X Tourism em evento na China

Honda equipa motos CG 160 com freios CBS na linha 2018

Inglaterra estuda exército no combate ao crime com motos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras