moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Produção de motos tem queda de 21,7% em abril

09 de May de 2016
Compartilhe este conteúdo:

Conforme divulgou a ABRACICLO, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, nesta segunda-feira (9), foram produzidas 63.036* motocicletas durante o mês de abril, contra 80.530 unidades em março, correspondendo a uma retração de 21,7%. Em comparação com abril de 2015, quando a produção havia totalizado 99.051, a queda ficou em 36,4%. No quadrimestre, o recuo foi de 36,4%, passando de 453.958 motocicletas, em 2015, para 288.499*, em 2016.

Já as vendas no atacado, aquelas realizadas para as concessionárias, alcançaram 72.197* unidades em abril, significando queda de 13,6% em relação ao mês de março e de 29,2% sobre abril de 2015, com 101.999 unidades. Entre janeiro e abril, foram comercializadas 286.107* motos, uma baixa de 35,1%.

“Assim como todos os setores, a indústria de duas rodas analisa com cautela os desdobramentos macroeconômicos. De qualquer forma, levamos em conta que, tradicionalmente, no segundo semestre o mercado costuma apresentar desempenho melhor, com resultados mais positivos”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Enquanto isso as exportações totalizaram 4.122 unidades em abril, frente a 4.721 motocicletas no mês anterior, o que representa a um recuo de 12,7%. Em comparação ao mesmo mês de 2015, houve uma elevação de 49,3%. Nos primeiros quatro meses do ano, foram comercializadas 17.871 unidades, alta de 96,1% em relação ao mesmo período de 2015.

No varejo foram vendidas 79.671** motocicletas, representando um recuo de 8,4% ante o volume de março, com 108.167 unidades, e de 26,3% em relação a abril de 2015 (108.167). No acumulado do ano, a queda foi de 26,6%, com 319.594 motocicletas licenciadas, contra 435.127 unidades, em 2015.

Com o mesmo número de dias úteis de abril do ano passado (20 dias), a média diária de vendas apresentou queda de 26,3%, passando de 5.408 para 3.984 motocicletas.

(*) Foram desconsiderados os dados da Traxx, que não faz mais parte do quadro associativo desde março de 2016.

(**) Foram desconsiderados os ciclomotores usados, cujo licenciamento junto aos Detrans passou a ser obrigatório a partir da Lei nº 13.154, de 30/07/2015, e da Resolução Contran nº 555/15, de 17/09/2015.

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

KTM oferece as motos de enduro com bônus de fábrica

Abraciclo: Produção de motos recua ao patamar de 2002

Ducati lança aplicativo para simular financiamento de motos

Triple Triumph inaugura nova loja em Miami (Estados Unidos)

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Salão Moto Brasil tem muitas atrações no Rio de Janeiro

Honda apresentará Rebel 500 no Salão de Verona (ITA)

Nova Kawasaki Ninja H2 Carbon chega por R$ 164 mil

Honda apresenta linha 2017 da aventureira XRE 300 no país

Polícia de SP vai combater crime de Triumph Tiger 800 XCx

Triumph revela linha 2017 da Street Triple na Inglaterra

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Clássica Honda CB 1100EX chega aos EUA

Honda mostra moto que se equilibra sozinha na CES 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras