moto.com.br

Publicidade:

Acontece

Opinião do dono: Dafra Next 250 agrada pelo design

13 de October de 2012
Compartilhe este conteúdo:

Nascida a partir de uma parceria entre a brasileira Dafra e marca taiwanesa SYM (Sanyang Industry), a Next 250 chegou às concessionárias em meados de abril. Essa naked de 250 cc é o segundo projeto da Dafra em parceria com a marca taiwanesa. O primeiro modelo resultado dessa aliança comercial foi a scooter Citycom 300i.

Para brigar com a concorrência, a Dafra apostou em alguns diferenciais presentes no modelo Next 250 como: conjunto de freios a disco de série com flexíveis em malha de aço, escapamento de inox, indicador de marcha, câmbio com seis marchas e principalmente no preço atraente. Seu preço de R$ 10.190 é o menor entre as concorrentes da mesma categoria, Yamaha Fazer R$ 11.279 e Honda CB 300R R$ 11.690.

Por causa dessas e outras qualidades a Dafra Next 250 vem conquistando cada vez mais espaço no mercado. Segundo Vanor Henriques Neto, gerente da concessionária Scooterplace, “a Next 250 é um dos modelos mais vendidos pela loja, pois é um produto novo com preço agressivo e de qualidade. Seus itens de fábrica como regulagens do manete de freio, escapamento em inox e aeroquip são pontos interessantes. Vendemos cerca de 12 unidades por mês”, ressalta.

Para o motociclista Jerri Barbosa da Silva, proprietário de uma Dafra Next 250 há cinco meses, o principal motivo da escolha pelo modelo foi o atraente design e o preço, segundo ele “um dos mais baratos”. Ex-proprietário de uma Honda Fan 125, Silva já rodou mais de 7000 quilômetros com a motocicleta e se diz satisfeito com a escolha.

Em uma viagem, Silva perdeu a garantia da motocicleta ao ultrapassou o limite de quilometragem especificada para realizar uma das revisões obrigatórias e, com um problema no velocímetro e no hodômetro que pararam de funcionar, o proprietário da Next 250 não pode realizar o conserto gratuito.

Questionado sobre algum ponto negativo, Silva afirma ter dificuldades para encontrar peças de reposição. Com a pastilha do freio traseiro totalmente gasta, Silva não encontrou a peça de reposição em nenhuma das cinco diferentes concessionárias da marca.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Abraciclo: Produção de motos cai 9,2% em fevereiro

Honda faz Pit Stop Dream na rodovia Castello Branco

Gasolina vai receber adição de mais 2% de álcool

Fenabrave: Queda nas motos de 13,66% em fevereiro

Top 10: Motocicletas alimentadas por turbo

Yamaha YZF-R1 tem simulador de comandos na internet

Exclusividades Gandini Motos e Super Feirão

Yamaha lança MT-07 em busca de mercado

Crossovers viram nova tendência entre os fabricantes

Comparativo de bolso: Zero km X Seminovo

MT-09 Tracer põe a Yamaha entre as crossovers

BMW Motorrad divulga nova tabela de preços

Kawasaki Ninja H2 prepara aterrissagem no Brasil

Yamaha VMAX completa 30 anos com versão Carbon


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras