moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Motos touring da Harley-Davidson agora de Milwaukee-Eight no Brasil

Estradeiras da centenária fabricante americana chegam com boas novidades de motorização e suspensão

21 de November de 2016
Compartilhe este conteúdo:

A centenária fabricante americana Harley-Davidson redefiniu sua linha de modelos touring no mercado brasileiro com novas suspensões e com a nova motorização Milwaukee-Eight, o 9º motor na linha sucessória da marca, a partir de um projeto criado do zero que combina o visual tradicional, som e a sensação dos motores Harley-Davidson Big Twin.

Preservando a angulação de 45 graus clássica dos motores Harley-Davidson V-Twin, o Milwaukee-Eight produz até 10% mais torque em comparação aos modelos anteriores, e apresenta cabeçotes de quatro válvulas que oferecem 50% mais fluxo de admissão e escapamento.

O novo motor também é contrabalanceado, reduzindo 75% a vibração em marcha lenta, mantendo a sensação clássica de um Harley-Davidson V-Twin, enquanto é suave em velocidade de cruzeiro. A nova estratégia de controle de temperatura para todos os motores Milwaukee-Eight melhora o conforto tanto para o piloto quanto para o passageiro. 

Segundo a Harley-Davidson, as novas suspensões melhoraram a sensação de conforto, controle e desempenho dos modelos 2017 da família touring. Os novos amortecedores traseiros pressurizados, oferecem de 15% a 30% mais ajustes de pré-carga do que os antigos amortecedores, com um único manípulo de ajuste. Já a nova suspensão dianteira Showa oferece um funcionamento linear e peso reduzido. 

Outra novidade é o lançamento da fastback Roadster, um projeto com inspiração nas motocicletas clássicas de corrida e mais mais novo membro da linha Dark Custom. Com visual retrô e poderoso motor de 1200 cilindradas V-Twin Evolution refrigerado a ar e freios ABS, o modelo chega às concessionárias com preço sugerido de R$ 47.500 em quatro opções de cores: Vivid Black com pinstripe da cor Charcoal Denim; Black Denim com pinstripe vermelho; Velocity Red Sunglo com pinstripe vermelho; e com dois tons Billet Silver / Vivid Black com pinstripe na cor de vinho.

Depois da reformulação anunciada pela Harley-Davidson, a nova linha 2017 de motos da família touring da marca americana no Brasil ficou com os seguintes preços: Road King Classic (R$ 75.400), Street Glide Special (R$ 86.400), Ultra Limited (R$ 94.900), CVO Limited (R$ (157.300) e CVO Street Glide (R$ 140.900).

Fomos apresentados a nova linha da HD 2017 com o forte motor Milwaukee-Eight no interior de São Paulo, na cidade de Campinas. O diretor de Marketing Flavio Villaça fez a apresentação da evolução dos motor da marca desde 1909 ate chegar neste modelo com muita tecnologia. 

Cada jornalista presente recebeu um pen drive com as músicas favoritas para usar o painel multimídia com vários recursos e sistema de som Boom! Audio de 600 watts ainda escutar um belo som durante todo o trajeto. Saímos de Campinas em direção a Águas de Lindoia, porém alongando o trajeto por várias serras que cortam o interior de São Paulo, aumentando o percurso em 200 km. 

Neste trajeto conferi a nova Ultra Limited com o novo propulsor mais forte e que vibra muito menos. O nome Eight vem das oito válvulas que o motor tem. A chegada de um novo motor é marcante para a empresa, que havia renovado seu big twin pela última vez em 1999, com a motorização Twin Cam. 

Os novos motores integram todos os modelos de motocicletas Touring e serão oferecidos em duas versões diferentes e com três variações: 

- Milwaukee-Eight 107 (107 polegadas cúbicas de deslocamento, 1750 cc): No Brasil, presente nos modelos Street Glide Special e Road King Classic.

- Twin-Cooled Milwaukee-Eight 107 (107 polegadas cúbicas de deslocamento, 1750 cc): No Brasil, presente na Ultra Limited.

- Twin-Cooled Milwaukee-Eight 114 (114 polegadas cúbicas de deslocamento, 1870 cc): No Brasil, presente nos modelos CVO Limited e CVO Street Glide. 

Outro item que foi aperfeiçoado, foi a suspensão da moto que absorver melhor os terrenos irregulares, deixando a moto mais confortável para encarar longas viagens e diferentes tipo de estradas. 

Com dois cilindros em “V”, exatos 1.753,42 cm³ de capacidade, o novo motor tem comando de válvulas simples por varetas e quatro válvulas por cilindro, que oferece grande fluxo de admissão e exaustão. Segundo o fabricante, o novo motor 107 é 11% mais rápido em acelerações, comparado ao seu antecessor, enquanto supera o antigo em acelerações de 8% a 12% mais rápidas. 

Na volta, aceleramos com a nova Street Glide, que visualmente parece muito mais leve por não ter todos os maleiros, mas na prática a diferença de peso é pequena. Em ambas dá para perceber mais torque e uma suspensão que copia bem todos os terrenos.

Veja o vídeo de divulgação:

Fotos e vídeo: Harley-Davidson/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Dublê morre em acidente de moto na gravação de Deadpool 2

IPT faz testes com jaquetas com airbags para motociclista

Yamaha XTZ 250 Ténéré com novas cores na linha 2018

Inglaterra estuda exército no combate ao crime com motos

Boletim MOTO.com.br - Notícias de motos em 30 segundos (12/08/17)

Ranking das motos mais vendidas em julho de 2017

Triumph vence prêmio Marca do Ano no Congresso da Fenabrave

Honda anuncia nova CB 190X Tourism em evento na China

Honda renova família CB 500 com novas cores e grafismos

BMW Motorrad anuncia nova BMW S 1000 RR tricolor no país

Honda equipa motos CG 160 com freios CBS na linha 2018

Triumph anuncia parceria global com a indiana Bajaj

Ranking das motos mais vendidas em julho de 2017

Abraciclo: Produção de motos com grande alta em julho


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras