moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Motos KTM brasileiras iniciam os testes de rodagem

01 de December de 2014
Compartilhe este conteúdo:

A tradicional fabricante austríaca KTM finalizou a fase de try out (avaliação técnica das etapas de produção e qualidade) no Brasil com os dois primeiros produtos da marca, os modelos de enduro 350 EXC-F e 250 EXC-F, montados pela Dafra, em sua fábrica de Manaus (AM), para dar início oficial da produção em larga escala no país, que está programa para acontecer no próximo dia 8 de dezembro.

Para ter acesso aos detalhes de produção da marca austríaca e garantir o padrão de qualidade, a equipe da Dafra foi recebida na fábrica da KTM em Mattighofen, na Áustria, onde passou por treinamentos especiais ministrados por engenheiros da unidade de manufatura, incluindo processos de montagem, inspeção de qualidade e logística interna. O treinamento foi complementado em Manaus com a montagem de todas as etapas do processo nas linhas definitivas de produção.

“Depois de dois meses de treinamento na Europa, nossa equipe teve aqui em Manaus o acompanhamento de nove técnicos da KTM que coordenaram este lote piloto de produção para assegurarem que a montagem de motos e motores segue os mesmos processos e critérios utilizados na matriz”, explica José Lemos, diretor industrial da Dafra. “Os produtos KTM serão incorporados à nossa atual linha de montagem, ou seja, não terão uma linha exclusiva. Isso reforça a qualidade de nossos processos e nos possibilita continuarmos o aprimoramento de toda nossa equipe, buscando a excelência e a qualidade sempre”.

Além das motos, os motores também serão montados em Manaus. Esta é a primeira vez em 60 anos de história da KTM em que esta etapa do processo produtivo é realizado fora da Áustria. A capacidade de produção diária é de 65 motores.

Após a montagem dos modelos, as motos seguiram para o laboratório e passaram por diferentes testes, incluindo performance em dinamômetro. Cumpridas com êxito as fases anteriores, a 350 EXC-F e a 250 EXC-F entram na fase dos testes de rodagem.

“Em nosso laboratório tivemos a oportunidade de colocar à prova todos os comandos das motocicletas e ficamos muito satisfeitos com os resultados”, afirma Victor Trisotto, diretor de engenharia da Dafra. “Após a análise em um ambiente controlado, iniciamos os testes em pista off road e em trilhas na Floresta Amazônica para uma avaliação ainda mais rigorosa, que colocarão as motos em condições extremas de uso por mais de 50 horas. Finalizada mais esta etapa, faremos a desmontagem das motos e a checagem de todas as peças”.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

KTM oferece as motos de enduro com bônus de fábrica

Abraciclo: Produção de motos recua ao patamar de 2002

Ducati lança aplicativo para simular financiamento de motos

Triple Triumph inaugura nova loja em Miami (Estados Unidos)

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Salão Moto Brasil tem muitas atrações no Rio de Janeiro

Honda apresentará Rebel 500 no Salão de Verona (ITA)

Nova Kawasaki Ninja H2 Carbon chega por R$ 164 mil

Honda apresenta linha 2017 da aventureira XRE 300 no país

Polícia de SP vai combater crime de Triumph Tiger 800 XCx

Triumph revela linha 2017 da Street Triple na Inglaterra

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Clássica Honda CB 1100EX chega aos EUA

Honda mostra moto que se equilibra sozinha na CES 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras