moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Mercado das duas rodas segue em queda no mês de setembro

07 de October de 2016
Compartilhe este conteúdo:

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, Abraciclo, divulgou mais um balanço da indústria de motocicletas, que segue apresentando dados retraídos de produção, vendas e exportação. Segundo a entidade, foram fabricadas 80.489 motos em setembro, ante 92.791 em agosto, o que representa uma retração de 13,3%.

Já as vendas no atacado seguiram a mesma tendência e registraram queda de 8,4% no período, passando de 83.236 motocicletas, em agosto, para 76.268 unidades, em setembro. “As medidas para a retomada da economia ainda não foram alinhadas, mantendo o compasso de espera. Além disso, a greve bancária, que se estendeu por mais de 30 dias, também contribuiu para que a média de vendas diária ficasse abaixo do registrado no mês de agosto de 2016. Estima-se que cerca de quatro mil motocicletas poderiam ser emplacadas, entre consórcio e financiamento”, afirma Marcos Fermanian, presidente da entidade.

No acumulado do ano, contabilizando os meses de janeiro a setembro de 2016, a queda da produção é de 31%, passando de 1.032.715 (2015) para 712.870 (2016) – atingindo o menor patamar desde 2003, com 741.929 unidades. As vendas para as concessionárias apresentam decréscimo de 28,7%, com 683.453 motocicletas ante 959.077, em 2015.

Já as exportações apresentam leve queda de 4,7% nos primeiros nove meses do ano, passando de 45.922 unidades (2015) para 43.752. As vendas externas somaram 4.298 motocicletas comercializadas no mês passado, volume 5% inferior em relação às 4.522 de agosto.

No varejo, a média diária de vendas de motocicletas caiu 4,3% entre agosto (23 dias úteis) e setembro (21 dias úteis), passando de 3.324 para 3.182 unidades. Se compararmos os números com média diária do mesmo mês de 2015 (4.521 unidades/dia em mês com 21 dias úteis), é possível observar um declínio de 29,6%.

Na comparação mensal, os licenciamentos desaceleraram 12,6%, considerando as 66.822* motocicletas comercializadas em setembro, ante 76.460, em agosto. Já no acumulado (janeiro a setembro), a retração foi de 27,1%, passando de 942.581, em 2015, para 687.280, em 2016.

 

* Foram desconsiderados os ciclomotores usados, cujo licenciamento junto aos Detrans passou a ser obrigatório a partir da Lei nº 13.154, de 30/07/2015, e da Resolução Contran nº 555/15, de 17/09/2015.


Foto: Agência INFOMOTO



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Triple Triumph inaugura nova loja em Miami (Estados Unidos)

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Salão Moto Brasil tem muitas atrações no Rio de Janeiro

Honda apresentará Rebel 500 no Salão de Verona (ITA)

Sistema de desconto para multas SNE já está na internet

Cesvi dá dicas para conduzir as motos com segurança

Triumph comemora resultados globais no último ano fiscal

Honda apresenta linha 2017 da aventureira XRE 300 no país

Nova Kawasaki Ninja H2 Carbon chega por R$ 164 mil

Triumph revela linha 2017 da Street Triple na Inglaterra

Polícia de SP vai combater crime de Triumph Tiger 800 XCx

Clássica Honda CB 1100EX chega aos EUA

Honda mostra moto que se equilibra sozinha na CES 2017

LifeMotosBr: CB Twister - Relatório de 1 ano de uso da moto


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras