moto.com.br
Publicidade:

Acontece

KTM 1290 Super Adventure traz tecnologia de ponta

13 de June de 2016
Compartilhe este conteúdo:

As aventureiras esportivas – estilo e conforto de uma trail, com motor de alto desempenho – estão ganhando espaço entre os mototuristas. Bons exemplos não faltam: BMW S 1000 XR e Ducati Multistrada 1200. Para reforçar esta categoria, a KTM apresentou na Europa a nova 1290 Super Adventure. O modelo traz design moderno, motor de 160 cavalos e muita tecnologia embarcada. Foi desenvolvida para quem quer ir mais longe, com mais conforto e segurança. Assim, a 1290 Super Adventure estabelece um novo padrão em termos de tecnologia em prol do prazer da pilotagem. Na Itália, a moto custa 18.640 Euros, cerca de R$ 74.560.

Esta aventureira está equipada com um motor de dois cilindros em V, de 1.301 cm³ de capacidade, que entrega 160 cavalos de potência máxima a 8.750 rpm e quase 14 kgfm de torque (6.750 rpm). Com 250 quilos (em ordem de marcha), a Super Adventure roda em média 16 km/l, segundo o fabricante. Assim, a moto oferece uma autonomia de 500 km, já que o tanque de combustível tem capacidade para 30 litros.

O modelo é fabricado sobre um quadro de treliça em aço, uma espécie de assinatura em metal da KTM. Já o conjunto ciclístico usa o que há de mais moderno em termos de suspensão e freios. No trem dianteiro, suspensão upside-dow (invertida) com tubos de 48 mm e 200 mm de curso; e disco duplo, com 320 mm de diâmetro. Na traseira, suspensão semiativa WP com monoamortecedor (200 mm de curso), que oferece múltiplas regulagens; e disco simples de 276 mm de diâmetro. O sistema de freio conta ainda com ABS (antitravamento). A moto usa rodas raiadas calçadas com pneus de medidas 120/70-19 (D) e 170/60-17 (T).

Tecnologia embarcada
A eletrônica embarcada coloca este modelo KTM entre os mais avançados e seguros do mundo. Destaque para os controles de tração, de estabilidade e de derrapagem - opcional na nova KTM 1290 Super Adventure.

Por exemplo, o motociclista pode escolher entre um dos quatro modos de pilotagem, cujos mapeamentos entregam potência de forma diferente. As opções "Street" e "Sport" usam os 160 cv de potência máxima e respostas rápidas, agressivas. Nos modos "Rain" e "Off-road", a potência está limitada a 100 cv e o motor faz uma entrega de potência menos agressiva. Dependendo do modo de condução selecionado, o “cérebro eletrônico” da Super Adventure permitirá (ou não) uma maior derrapagem da roda traseira.

Para completar, o conjunto ótico da nova 1290 Super Adventure é composto por três segmentos em LED. Os faróis auxiliares, por exemplo, estão montados em ambos os lados do tanque da moto e são ligados ao sensor de ângulo de inclinação e do controle de estabilidade. Nas curvas, o conjunto de LEDs da Super Adventure acendem um, dois ou três segmentos dependendo do ângulo de inclinação, garantindo uma iluminação perfeita na condução noturna.



Fonte:
Agência Infomoto
Compartilhe este conteúdo:

Moto impressa em 3D tem motor da Kawasaki H2

Ducati tem nova tabela de preços para dezembro no Brasil

Yamaha MT-07 conta com novas cores para 2017

Mercado: Venda de motos cresce 13,27% em novembro

Detran.SP: Permissão internacional pode ser solicitada online

Manutenção correta do freio é sinônimo de segurança na moto

Honda CRF 1000L Africa Twin ganha ainda mais apelo Off Road

BMW apresenta a aventureira compacta G 310 GS

Mudanças deixam Yamaha MT-09 mais radical para 2017

Suzuki V-Strom 250 2017 mostra a cara no Salão de Milão

Yamaha promete inusitada Ténéré 700 para 2018

Honda CRF 1000L Africa Twin chega nas lojas a partir de R$ 64.900

Honda revela nova custom Rebel 500 nos Estados Unidos

Ducati barbariza com novos modelos da linha 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras