moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Kawasaki lança linha 2015 de Z1000 e Ninja 1000 no Brasil

Novos modelos chegam às concessionárias da marca japonesa com boas novidades e soluções para o mercado premium

31 de March de 2014
Compartilhe este conteúdo:

A fabricante japonesa Kawasaki apresentou as novas Z1000 e Ninja 1000 Tourer, os primeiros modelos da linha 2015 no Brasil, em evento em Sumaré (SP). A renovada Z1000 chega às concessionárias da marca no país nas cores Golden Blazed Green e Candy Burnt Orange, nas versões standard ou ABS, com preço sugerido de R$ 48.990 (Z1000), R$ 49.990 (Z1000 SE), R$ 51.990 (Z1000 ABS) e R$ 52.990 (Z1000 ABS SE) e a nova Ninja 1000 Tourer ABS é oferecida na cor Candy Lime Green com o preço sugerido de R$ 56.990.

Z1000

A agressiva naked da Kawasaki tem a missão de lutar pela supremacia na classe de supernakeds, intransigente, franca e acima de tudo, distinta. Destilando o conceito Z, para chegar ainda mais longe, este projeto de design traz a essência do conceito Sugomi, usada pela primeira vez no modelo Z800 e suas versões — concebido para ser experimentado pelo piloto em toda sua essência, uma experiência de condução visual, tanto quanto em nível de desempenho do motor e respostas do chassi, refinando a condução e esportividade do modelo.

Proporcionando alto nível de controle, as pinças de freio monobloco tornam ainda mais radicais as frenagens e entradas de curva, com total controle na ponta dos dedos. Com montagem radial, e cilindro mestre exclusivo, chama a atenção tanto pela performance quanto pelo visual, combinado com os discos em formato pétala, oferecendo boas respostas nas frenagens.

A nova suspensão dianteira de pistões superdimensionados e funções separadas. Ajustável na compressão e pré-carga. Os faróis com lâmpada de LED compõem a dianteira do modelo, proporcionando visão mais clara e de maior alcance. Além do menor consumo de energia, os LED’s tem maior vida útil. São quatro lâmpadas para o farol alto, sendo que apenas duas destas ficam acesas durante o uso do farol baixo.

Ainda mais estimulante com as mudanças na ECU, comando e conectores ovais entre os tubos de escape, além de uma infinidade de aprimoramentos, tais como cilindros conectados para menor perda de bombeamento. Segundo o fabricante, a nova Z1000 tem melhora em baixa, mas sem comprometer as características de alta. Inspirada no modelo Z1, a nova Z1000 exibe um sistema de escapamento com quatro saídas.

Ninja 1000 Tourer

Com perfil agressivo, a sport touring da Kawasaki segue o design característico da família Ninja, com uma combinação entre potência, resposta e precisão na pilotagem, aparência e tecnologia.

A Ninja 1000 Tourer traz avançado sistema de controle de tração KTRC (Kawasaki Traction Control), que apresenta três modos diferentes, oferecendo desempenho e colaborando para um sensível aumento na confiança do piloto nas diferentes condições de uso. Os dois modos de potência selecionáveis servem para conciliar o desempenho do motor pelo piloto, que pode optar pela entrega bruta de potencia ou limitar a mesma para aumentar o nível de segurança.

No grande monobloco de montagem radial, as pinças de freio dianteiras oferecem poder de frenagem sem igual. Com a 6ª marcha alongada, as rotações do motor diminuem mantendo a velocidade da motocicleta, diminuindo o consumo de combustível e aumentando a sensação de conforto. O subchassi foi redesenhado pensando em uma melhor acomodação do piloto e passageiro, além dos acessórios para transporte de bagagem.

A Ninja 1000 Tourer conta com o potente motor tetracilíndrico de 1043 cm³, DOHC de 16 válvulas, com a admissão redesenhada para privilegiar o torque também em baixas e medias rotações. O sistema de injeção de combustível do modelo utiliza quatro corpos de aceleração ovais, Keihin, com 38 milímetros cada, fazendo fluir a mistura ar/combustível em cada câmara de combustão.

No sistema de controle de tração KTRC (Kawasaki Traction Control), a combinação dos três modos ajustáveis que, somadas ao sistema de controle de potência, PMS (Power Mode Selection), oferecem variadas configurações a escolha do piloto, desde a entrega total de desempenho da motocicleta às limitações que garantem a segurança do condutor em situações de piso escorregadio.

Assim como na Ninja ZX-6R 636, os dois primeiros modos do KTRC são destinados à máxima aceleração, já o terceiro modo é ideal para terrenos de pouca tração (piso molhado ou de baixa aderência), similar ao utilizado na Concours 14. Exibidos no painel de instrumentos, facilita sua escolha sem tirar a atenção da via, o modo off (desligado) também pode ser selecionado. Também são mostradas no display LCD a indicação de modo pilotagem econômica (ECO) e as informações sobre os freios ABS.

Utilizando conceitos muito semelhantes de fabricação, o avançado chassi em alumínio possui características que descendem da superbike da marca, a ZX-10R. Alternando entre áreas mais espessas, mais exigidas quanto à torção, e outras mais finas, em zonas de menor torção, resultam em leveza do conjunto, rigidez excepcional e baixíssima vibração. O novo subchassi também vem preparado para receber malas laterais rígidas com capacidade para 29 litros cada.

Rodas de seis hastes em liga especial, freios e o conjunto de suspensões conferem estilo e leveza ao trafegar. Na dianteira, garfo invertido (USD) com canelas de 41 mm, e na traseira, totalmente ajustável na pré-carga e retorno, a suspensão traseira, que apresenta o novo ajuste remoto. O monoamortecedor está posicionado quase horizontalmente, acima da balança traseira, privilegiando a centralização das massas e aumentando a refrigeração do sistema.

Equipada com discos de freio em formato margarida com 300 milímetros cada, pressionados por pinças de montagem radial, fabricadas a partir de um único bloco de alumínio, conferindo à Ninja 1000 grande poder de frenagem. O sistema ABS de última geração assegura maior controle, com sensibilidade na ponta dos dedos.

As formas e linhas da carenagem da Ninja 1000 foram projetadas com clara alusão aos modelos mais recentes: Ninja ZX-6R 636 e ZX-10R. O para-brisa oferece três posições de altura diferentes, permitindo o acerto ideal para cada uso e tipo físico de piloto.

Fotos: Kawasaki e Osvaldo Furiatto (VGCOM)/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Yamaha YS 125 na Europa tem visual da moto brasileira

Projeto Motostory e Veteran Motorcycle Clube firmam parceria

Indian apresenta nova Roadmaster Classic nos EUA

Hayabusa's Day RS anuncia encontro 2017 em Porto Alegre

Ducati Mooca leva máquinas italianas para Zona Leste

Moto voadora Hoversurf Scorpion-3 vira solução áerea

KTM anuncia lançamento da linha de enduro 2017 no Brasil

Kawasaki Z900 esbanja potência e oferece pouca eletrônica

BMW F 800 GS Adventure aparece com novos recursos

Lego faz BMW R 1200 GS Adventure brinquedo de gente grande

Honda XRE 300 Adventure ganha nova edição especial

KTM 1290 Super Adventure S, pronta para qualquer aventura

Yamaha CRUX Rev tem motor de 110cc e preço de US$ 900

Head Up Display é a tecnologia de informações no capacete


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras