moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Honda produz 18 milhões de motos no Brasil

18 de January de 2013
Compartilhe este conteúdo:

A Moto Honda da Amazônia atingiu na quinta-feira (17/01) um marco histórico de sua atuação no país: a produção da moto de número 18 milhões em sua fábrica localizada na cidade de Manaus (AM), uma CG 150 Titan, com tecnologia flex.

Para celebrar a data, foi realizada uma cerimônia interna com a presença do presidente da Honda South America, Masahiro Takedagawa, do presidente da Moto Honda da Amazônia, Issao Mizoguchi, demais representantes da diretoria e funcionários da fábrica.

"O volume de 18 milhões é muito significativo. É resultado de nosso compromisso com o Brasil e da parceria de sucesso entre colaboradores, fornecedores, concessionárias e demais parceiros. Mas acima de tudo, representa que conquistamos a confiança de 18 milhões de consumidores brasileiros, o que muito nos honra", afirmou Issao Mizoguchi.

A marca de 18 milhões de unidades produzidas foi atingida 36 anos após o início da operação da planta de Manaus, a maior fábrica de motocicletas Honda em todo o mundo. O dado é bastante representativo da força da empresa no Brasil: em números absolutos, a Honda é a segunda maior fabricante de veículos automotores do país (carros, caminhonetes, ônibus, caminhões, tratores, motocicletas, embarcações e aeronaves).

Atualmente sai da linha de montagem da unidade 1 motocicleta a cada 8 segundos. São produzidos 20 modelos de motocicletas de 100cc a 1.000cc, com altos índices de nacionalização.

Em 2012, a empresa atingiu outro marco histórico: a produção da motocicleta flex número 2 milhões. O volume foi obtido três anos após o lançamento da primeira motocicleta flex do mundo, a CG Titan Mix, em 2009.

Em 2009, a Honda foi pioneira ao lançar a primeira moto flex do mundo. Desde então vem ampliando ano a ano a sua linha de motos bicombustíveis. Atualmente já são 4 modelos flex: CG 150 Titan, NXR 150 Bros, CG 150 Fan e a Biz 125, que juntas representam aproximadamente 60% das vendas da empresa. Em 2012, mais de 770 mil motocicletas flex foram comercializadas. E para 2013, a Honda irá ampliar a gama de modelos bicombustíveis com o início das vendas dos modelos CB 300R e XRE 300 movidas a gasolina e/ou etanol.

O motor flex para motocicletas foi desenvolvido especialmente para atender a demanda do mercado brasileiro, atualmente 4º maior em vendas dentre aqueles onde a Honda atua. O projeto, desenvolvido no Japão com participação de engenheiros brasileiros, teve como objetivo o desenvolvimento de um motor com o menor impacto possível ao meio ambiente.

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Moto impressa em 3D tem motor da Kawasaki H2

Ducati tem nova tabela de preços para dezembro no Brasil

Yamaha MT-07 conta com novas cores para 2017

Mercado: Venda de motos cresce 13,27% em novembro

Detran.SP: Permissão internacional pode ser solicitada online

Manutenção correta do freio é sinônimo de segurança na moto

Honda CRF 1000L Africa Twin ganha ainda mais apelo Off Road

BMW apresenta a aventureira compacta G 310 GS

Nova Honda CBR 1000RR SP é puro sangue em rédea curta

Mudanças deixam Yamaha MT-09 mais radical para 2017

Suzuki V-Strom 250 2017 mostra a cara no Salão de Milão

Honda CRF 1000L Africa Twin chega nas lojas a partir de R$ 64.900

Yamaha promete inusitada Ténéré 700 para 2018

Honda revela nova custom Rebel 500 nos Estados Unidos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras