moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Honda inaugura novo centro de tecnologia em Manaus (AM)

Nova estrutura tecnológica da marca japonesa no país vai atuar no desenvolvimento de novos produtos

18 de September de 2013
Compartilhe este conteúdo:

A Moto Honda da Amazônia inaugura um novo e moderno Centro de Desenvolvimento e Tecnologia (CDT), em Manaus (AM). A estrutura, que contou o investimento de R$ 20 milhões, possui uma área de 4.200 m² e deve abrigar em torno de 200 dos aproximadamente 10 mil funcionários da Honda em Manaus.

O CDT é um verdadeiro polo de desenvolvimento multidisciplinar com integração total entre todos os departamentos responsáveis pelas atividades relacionadas ao desenvolvimento de novas técnicas, processos e produtos Honda.

O início das atividades do CDT representa também um marco para a empresa, uma vez que se inicia a implantação de uma nova e moderna forma de trabalho, fundamentada no conceito “One Floor”. Já utilizado pela matriz japonesa, o conceito prevê maior proximidade das áreas envolvidas nas operações industriais com objetivo de acelerar os processos de tomada de decisão e, com isso, ganhar em agilidade e competitividade.

A partir deste conceito serão reunidas em um mesmo ambiente todas as áreas envolvidas no desenvolvimento de novos produtos e que hoje já atuam com a metodologia EDB – onde as áreas de Pesquisa & Desenvolvimento, Engenharia & Manufatura, e Compras trabalham em sinergia desde a concepção, desenvolvimento e validação do produto até sua manufatura, de modo a acelerar os processos de tomada de decisão e a obtenção de resultados.

Para colocar estes conceitos em prática, foi preciso estabelecer e desenvolver estruturas avançadas com equipamentos de alta tecnologia, idealizados para o completo suporte técnico às atividades de desenvolvimento de produtos e treinamento para os funcionários.

A equipe de engenheiros e técnicos da empresa tem sido capacitada através de treinamentos e intercâmbios no Brasil e no exterior. Foi firmado ainda com um convênio de cooperação técnica para a capacitação de funcionários com a Universidade do Estado do Amazonas, com o objetivo de garantir a formação e constante atualização dos profissionais.

“Nosso empenho e investimentos constantes seja em equipamentos, tecnologia, infraestrutura, capacitação de pessoal ou rede de concessionárias, tem um objetivo primordial: exceder as expectativas dos nossos clientes com produtos e serviços da mais alta qualidade. Seguiremos trabalhando para isso”, enfatizou o presidente da Moto Honda da Amazônia, Issao Mizoguchi.

A estrutura do CDT, única no país, será, portanto, mais um importante ativo para a concepção de novos produtos com a tecnologia Honda. Inaugurada em 1976, a maior fábrica de motocicletas Honda em todo o mundo tornou-se um dos maiores empreendimentos do Polo Industrial de Manaus. Em sua planta, que ocupa uma área construída de 193 mil m², em um terreno de 661 mil m², produz também quadrículos e motores estacionários. No acumulado desde o início das atividades da empresa, os investimentos específicos em Pesquisa & Desenvolvimento já ultrapassam 200 milhões de reais.

Destaques

- Estações CATIA, que operam o sistema de análise DPM (Data Proto Model). Nele, a motocicleta é desenvolvida, avaliada e aprimorada em simulações digitais que reproduzem montagens e testes com a mesma precisão que se teria com as peças reais, porém com muito mais rapidez.

- Laboratórios de Controle de Qualidade com equipamentos de ponta, destinados a avaliação de materiais, produtos e processos com a mais alta tecnologia. Destaque para o processo MEV (Microscópio Eletrônico de Varredura), o Analisador de Elementos Químicos ICP e o Analisador “Thermo Weather” para testes de intemperismo, únicos no polo industrial de Manaus.

- Com essa iniciativa, a Moto Honda já se encontra preparada para o atendimento do PROMOT-4 – próxima fase de regulamentação de emissões para o setor de duas rodas. Essas instalações contam com:

- Laboratório de Emissões de Motocicletas, o primeiro da América Latina, totalmente modernizado.

- Laboratório de Durabilidade de Emissões, que simula o uso da motocicleta em testes rigorosos para assegurar que o produto é capaz de manter baixos índices de emissões ao longo do seu tempo de uso.

- Laboratório de Resistência/Extensometria, que simula os esforços aplicados aos componentes durante o uso da motocicleta e sua resistência.

- Campo de Provas, com pistas capazes de simular a utilização das motocicletas nas mais variadas condições de uso encontradas pelas estradas do Brasil.

Fotos: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Ibira Moto Point acontece nesta terça-feira (22/08) em São Paulo

Boletim MOTO.com.br - Notícias de motos em 30 segundos (20/08/17)

Linha Sportster da Harley-Davidson completa 60 anos

Megacycle acontece pela primeira vez em Paraty (RJ)

Kawasaki divulga nova tabela de preços de suas motos no Brasil

"All for Freedom, Freedom for All" é novo mote da Harley

Vídeo: Motociclista sobrevive a queda em abismo nos EUA

Yamaha XTZ 250 Ténéré com novas cores na linha 2018

Dublê morre em acidente de moto na gravação de Deadpool 2

Kawasaki divulga nova tabela de preços de suas motos no Brasil

Linha Sportster da Harley-Davidson completa 60 anos

Ranking das motos mais vendidas em julho de 2017

Megacycle acontece pela primeira vez em Paraty (RJ)

Honda equipa motos CG 160 com freios CBS na linha 2018


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras