moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Homem processa BMW nos EUA por causa de impotência

Motociclista alega que o problema apareceu depois de ter sofrido uma ereção que durou "20 meses"

08 de May de 2012
Compartilhe este conteúdo:

Henry Wolf, morador da Califórnia, EUA, entrou com um processo judicial contra a montadora alemã BMW. Ele alega que teve uma ereção prolongada por 20 meses devido ao assento da moto e que, após o incidente, ficou impotente.

O advogado de Wolf, Vernon Bradley, afirma que seu cliente sofreu um grave caso de "priapismo". A montadora não se pronunciou sobre o processo. Wolf deu entrada à ação em uma corte de San Francisco.

Tudo teria ocorrido exatamente em 1º de maio de 2010, quando Wolf pilotava sua BMW, ano 1993, com assento Corbin-Pacfic. Quatro horas depois ele percebeu uma "ereção persistente".

"Ele tem problemas desde aquele dia e agora não pode se envolver em um ato sexual, o que lhe está causando dano emocional e mental", disse Bradley ao jornal norte-americano "USA Today".



Fonte:
Agência Infomoto
Compartilhe este conteúdo:

Yamaha YS 125 na Europa tem visual da moto brasileira

Projeto Motostory e Veteran Motorcycle Clube firmam parceria

Indian apresenta nova Roadmaster Classic nos EUA

Hayabusa's Day RS anuncia encontro 2017 em Porto Alegre

Ducati Mooca leva máquinas italianas para Zona Leste

Moto voadora Hoversurf Scorpion-3 vira solução áerea

KTM anuncia lançamento da linha de enduro 2017 no Brasil

Kawasaki Z900 esbanja potência e oferece pouca eletrônica

KTM 1290 Super Adventure S, pronta para qualquer aventura

Lego faz BMW R 1200 GS Adventure brinquedo de gente grande

Moto voadora Hoversurf Scorpion-3 vira solução áerea

BMW F 800 GS Adventure aparece com novos recursos

Veja as 10 Nakeds acima de 600cc mais procuradas no site

Honda e Hitachi anunciam parceria para veículos elétricos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras