moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Fenabrave: Vendas sobem 32,73% em março

Relatório mensal da federação das concessionárias indica que foram emplacadas 124.497 unidades no período

02 de April de 2015
Compartilhe este conteúdo:

Segundo relatório da Fenabrave (federação das concessionárias), entidade que representa mais de oito mil revendas de veículos no Brasil, o mês de março apresentou alta de 28,14% em relação a fevereiro, em relação ao número de emplacamentos de todos os segmentos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas e implementos rodoviários). Foram emplacadas 371.860 unidades em março, contra 290.199 no mês anterior. Na comparação entre os meses de março 2015 (365.256 unidades) e o mesmo mês de 2014, o setor registrou alta de 1,81% este ano.

Já no acumulado do primeiro trimestre, houve queda de 15,04% para todos os setores somados. Nos primeiros três meses deste ano, foram emplacadas 1.035.044 unidades, contra 1.218.285 no mesmo período de 2014.

Em relação ao segmento de motocicletas, notou-se um crescimento de 32,73% em março, no comparativo com fevereiro. Foram emplacadas 124.497 unidades em março, contra 93.794 no mês anterior. Em relação a março de 2014 (112.220), este setor apresentou alta de 10,94%. Já no acumulado do ano, o setor de duas rodas registrou retração de 10,52%.

“Estamos vivendo um momento difícil para todos os setores da economia e não é diferente no automotivo. No entanto, é positiva a recuperação obtida em março, para todos os segmentos somados, ainda que o mês tenha mais dias úteis que fevereiro. Também percebemos que, diante do mesmo mês do ano passado, o resultado favorável foi impulsionado, notadamente, pelo segmento de motocicletas, que teve alta de 10,94% na comparação”, declarou o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

A queda acumulada, de todos os segmentos, vem sendo acompanhada pela Fenabrave, que não revisará as projeções para o ano antes do primeiro quadrimestre. Até o momento, as expectativas da entidade se mantêm em queda de 10% para este ano. “Vamos acompanhar a evolução da economia e a resposta do mercado para então traçarmos projeções mais assertivas”, comentou Assumpção Júnior.

Boas oportunidades
Diante do cenário atual no mercado de motos, o consumidor pode aproveitar esse momento para fazer um excelente negócio, já que seu poder de compra ganha muito mais força nessa situação, com a possibilidade de conseguir ótimos descontos na negociação e ainda ganhar equipamentos, acessórios e outros benefícios. Vale a pena fazer uma pesquisa de preços aqui no site MOTO.com.br e nas lojas de sua região para procurar grandes oportunidades.

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Ibira Moto Point acontece nesta terça-feira (22/08) em São Paulo

Boletim MOTO.com.br - Notícias de motos em 30 segundos (20/08/17)

Linha Sportster da Harley-Davidson completa 60 anos

Megacycle acontece pela primeira vez em Paraty (RJ)

Kawasaki divulga nova tabela de preços de suas motos no Brasil

"All for Freedom, Freedom for All" é novo mote da Harley

Vídeo: Motociclista sobrevive a queda em abismo nos EUA

Yamaha XTZ 250 Ténéré com novas cores na linha 2018

Dublê morre em acidente de moto na gravação de Deadpool 2

Kawasaki divulga nova tabela de preços de suas motos no Brasil

Linha Sportster da Harley-Davidson completa 60 anos

Inglaterra estuda exército no combate ao crime com motos

Ranking das motos mais vendidas em julho de 2017

Honda equipa motos CG 160 com freios CBS na linha 2018


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras