moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Fenabrave: Queda nas motos de 13,66% em fevereiro

Relatório mensal da federação das concessionárias indica que foram emplacadas 93.796 unidades no período

04 de March de 2015
Compartilhe este conteúdo:
 
Segundo dados apurados pela Fenabrave (federação das concessionárias), entidade que representa mais de oito mil revendas de veículos no Brasil, o mês de fevereiro de 2015 encerrou com queda de 22,19% na comparação com janeiro, em relação ao número de emplacamentos de todos os segmentos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas e implementos rodoviários).
 
Pelo levantamento da entidade, foram emplacadas 290.215 unidades em fevereiro, contra 372.989 no mês anterior. Na comparação dos emplacamentos do mês de fevereiro de 2015 com o mesmo período de 2014 (393.117), o setor apresenta retração de 26,18%. No acumulado do ano, a queda chega a 22,25% ante o mesmo período de 2014.
 
Em relação ao segmento de motocicletas foi registrado uma retração de 13,66% em fevereiro, na comparação com janeiro. O número de emplacamentos foi de 93.796 unidades em fevereiro, contra 108.639 no mês anterior. Em relação a fevereiro de 2014 (119.504), a baixa é de 21,51%.
 
De acordo com o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr, desde o ano de 2008 (191.106 unidades) o mercado brasileiro não via um mês de fevereiro assim tão ruim e com tantos fatores acontecendo para estabelecer esse cenário de queda.
 
“O principal fator, que tem impacto na queda sucessiva das vendas, é a baixa atividade econômica, atrelada a alta da inflação, das taxas de juros que abalam ainda mais a oferta de crédito, o alto índice de endividamento das famílias e a perda de confiança da população, que passa a temer o desemprego. Além disso, especificamente o mês de fevereiro foi afetado pelo menor número de dias úteis (17 dias), devido ao feriado de carnaval.”
 
Após uma série de cálculos, a Fenabrave anuncia novas projeções para o ano de 2015, que deve fechar com uma retração de 9,28 % em 2015, somando 4.470.484 unidades. Em relação às motos, a federação estima uma queda de 7,50% em 2015, com 1.322.621 unidades comercializadas ao longo do ano.
 
Boas oportunidades
Com um cenário de vendas de motos em baixa no mercado, o consumidor pode aproveitar esse momento para fazer um excelente negócio, já que seu poder de compra ganha muito mais força nessa situação, com a possibilidade de conseguir ótimos descontos na negociação e ainda ganhar equipamentos, acessórios e outros benefícios.
 
Foto: Fenabrave/Divulgação


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Yamaha YS 125 na Europa tem visual da moto brasileira

Projeto Motostory e Veteran Motorcycle Clube firmam parceria

Indian apresenta nova Roadmaster Classic nos EUA

Hayabusa's Day RS anuncia encontro 2017 em Porto Alegre

Ducati Mooca leva máquinas italianas para Zona Leste

Moto voadora Hoversurf Scorpion-3 vira solução áerea

KTM anuncia lançamento da linha de enduro 2017 no Brasil

Kawasaki Z900 esbanja potência e oferece pouca eletrônica

BMW F 800 GS Adventure aparece com novos recursos

Lego faz BMW R 1200 GS Adventure brinquedo de gente grande

Honda XRE 300 Adventure ganha nova edição especial

KTM 1290 Super Adventure S, pronta para qualquer aventura

Yamaha CRUX Rev tem motor de 110cc e preço de US$ 900

Head Up Display é a tecnologia de informações no capacete


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras