moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Entrevista: Felipe Zanol fala após um ano de seu acidente

21 de January de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Paulo Souza

Após completar um ano do acidente que sofreu no deserto de Mojave, na Califórnia, durante os treinamentos para a 35ª edição do Rally Dakar, o piloto Felipe Zanol ainda segue sua recuperação. Com o futuro sobre voltar a pilotar incerto, ele segue firme o seu tratamento e coloca em prática alguns desafios para 2014.

Felipe Zanol conversou com a equipe do Moto.com.br e nos contou sobre seu acidente e sua recuperação neste primeiro ano. Ele que foi campeão do Rally dos Sertões e também octocampeão brasileiro de Enduro FIM esta ocupando novas funções em sua carreira e segue sempre perto do universo das duas rodas.

Há pouco tempo a Honda anunciou Zanol como consultor de enduro e rali, além de chefe de uma equipe satélite para a temporada 2014, esta será sua principal função durante o ano. “É mais um desafio na minha carreira e continuarei envolvido com o mundo das motos. O objetivo é preparar novos pilotos brasileiros e formar novos campeões”, disse o mineiro de Belo Horizonte.

Confira o bate papo com nosso querido Felipe Zanol.

MOTO.com.br: Qual é o sentimento de ficar longe de uma motocicleta?

Felipe Zanol: Às vezes sinto falta de estar envolvido com motos, pois já são mais de 15 anos pilotando no esporte. Sinto que conquistei tudo que me propus e sou um atleta realizado. Ficou apenas uma vontade, mas acho que essa ficou só no sonho, não só meu, mas de muitos brasileiros.

MOTO.com.br: Qual é a importância da família em um momento como este de recuperação?

Felipe Zanol: Sempre tive minha família como ponto forte da minha carreira. Agora continua da mesma forma. Minha esposa Luciana tem um papel fundamental na minha recuperação e sempre me apoia. Meu amigo Ricardinho, que considero irmão teve e tem um forte papel nisso, assim como meus pais e toda família. Sou muito grato a todos.

MOTO.com.br: Você é uma pessoa querida por todos no meio do motociclismo e tem muitos amigos, isso de alguma forma te ajudou na recuperação?

Felipe Zanol: Sim, sou muito grato a todos pelas orações que fizeram quando realmente precisei e em minha recuperação a todos que tem me ajudado.

MOTO.com.br: Quando você sofreu o acidente estava no auge da carreira, havia vencido o Rally dos Sertões e estava preparado para o Dakar, você ainda pretende voltar a este patamar, com condições de vencer uma competição internacional?

Felipe Zanol: Vontade não falta, só que a realidade é outra. Estou me recuperando de um acidente que tive a mais de um ano e ainda tenho dificuldades com meu lado esquerdo do corpo. Para os que não sabem não tive nenhum osso do corpo quebrado, a pancada foi muito forte na cabeça e isso fez com que eu perdesse os movimentos do meu lado esquerdo do corpo e é nisso que tenho tentado me recuperar. Vale lembrar que meu acidente foi a 110km/h.

MOTO.com.br: Conte como esta sendo a sua recuperação na parte física, quantas horas de treino por dia, e quais atividades esta realizando, bicicleta, caminhada etc.

Felipe Zanol: Tenho feito entre fisioterapia e reabilitação cerca de 4 horas por dia. Faço muitas repetições, pois é assim que minha cabeça ira relembrar tudo que já fez antes. Ando de bicicleta, faço natação, bom, de tudo um pouco. Mas levo tudo como um bom atleta que sou, difícil esta sendo, mas acho que não há nada impossível então não desisto enquanto não conseguir, sempre foi assim em minha carreira e estou levando a vida assim.

MOTO.com.br: Existe algum prazo estipulado pelos médicos para você voltar a ter contato novamente com uma motocicleta?

Felipe Zanol: Alguns médicos falam que nunca mais, mas é Deus quem resolve isso. Ainda não tenho condições de andar então continuo minha recuperação. Meu objetivo é diferente, é o de ficar bem fisicamente e pronto para ter uma vida normal, sem sequelas. Se andar de moto aparecer em minha vida novamente estarei pronto pra isso.

MOTO.com.br: Quais são os seus objetivos para 2014?

Felipe Zanol: Bom, meus patrocinadores continuam comigo e espero representa-los bem em 2014 de outra maneira. Outro objetivo surgiu em minha vida, detalhe que já estava me preparando antes do acidente. A Honda me proporcionou a oportunidade de montar uma equipe. E encarei esse desafio com muita alegria. Claro, continuo com patrocinadores: Honda, Red Bull, Rinaldi, Mr Pro, Ingá e tenho certeza que outros surgirão.

MOTO.com.br: No Brasil inteiro você possui muitos fãs que torcem por sua recuperação, gostaria que você deixasse um recado para eles.

Felipe Zanol: Obrigado, muito obrigado, podem ter certeza que teremos novidades esse ano.

Obrigado!

Fotos: Vipcomm/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Triumph estreia nova coleção de roupas e acessórios

Documentário retrata viagem entre Manaus e São Paulo

Ducati tem crescimento recorde no Brasil em 2016

Solidariedade: Ajude o Natal das crianças da ACRIA

Nova Kawasaki Z 650 é mais agressiva só no visual

Com ação social, Moto Experience acontece no Campo de Marte, em SP

Piaggio lança novos scooters e o triciclo MP3 no Brasil

Yamaha MT-07 conta com novas cores para 2017

Honda CRF 1000L Africa Twin ganha ainda mais apelo Off Road

Harley-Davidson e SENAI inauguram Centro Técnico em São Paulo

Yamaha lança nova Neo 125 com freios UBS

Ducati tem nova tabela de preços para dezembro no Brasil

Licenciamento para motos com placa terminada em 0

Cursos do Centro de Treinamento da Harley em parceria com SENAI-SP


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras