moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Entrevista com o Campeão Brasileiro de MX, Carlos Campano

Confira quais os planos do piloto espanhol para o próximo ano e a sua avaliação da temporada 2014

27 de October de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Paulo Souza

A evolução dos pilotos brasileiros de motocross continua em ritmo acelerado dentro das pistas de todo o país, no entanto, os pilotos gringos que elevaram o atual nível das competições ainda estão acelerando mais forte. Prova disso é o título do Campeonato Brasileiro e Motocross conquistado pelo espanhol Carlos Campano, piloto da Yamaha, que também venceu o Arena Cross 2014.

Desde que chegou ao Brasil em 2012, Campano já venceu todas as competições que disputou e seguirá competindo no país na próxima temporada. Dentre os títulos que possui em terras canarinhas estão a extinta Super Liga Brasil de Motocross, dois Campeonatos Brasileiros e pela primeira vez o título do Arena Cross, conquistado também este ano.

Confira a entrevista que o piloto concedeu ao Moto.com.br, onde fala da carreira, dos títulos e de seu futuro no Brasil.

Moto.com.br: Devido a sua lesão você perdeu a etapa de Canelinha e chegou a ficar 38 pontos de diferença para o líder. Como você trabalhou o lado psicológico para recuperar e acabar com o título do campeonato?

Carlos Campano: Não foi tão difícil assim. No Arena Cross estava liderando, a pressão era bem maior pois nunca havia vencido a competição, já no Brasileiro tinha poucas possibilidades, não tinha muito o que fazer a não ser focar nas vitórias e esperar erros dos adversários. Sem essa pressão toda vim competindo por fora e no final deu tudo certo.

Moto.com.br: Como é o nervosismo quando o título está sendo disputado por poucos pontos de diferença na última etapa? Ele aumenta ou é igual as demais provas?

Carlos Campano: Para falar a verdade eu acredito que é até mais fácil competindo nestas condições. Você sabe que precisa ganhar a corrida e você fica focado somente nisso. Não existe outra possibilidade a não ser vencer, então a preparação fica mais tranquila.

Moto.com.br: A chegada de pilotos estrangeiros aumenta bastante o nível do motocross brasileiro e é sempre bem vinda. Como você vê a evolução dos brasileiros nas competições?

Carlos Campano: A evolução é grande, vou usar como exemplo o piloto Jean Ramos, quando cheguei aqui em 2012, ele já andava bem, porém sempre sofria quedas o que acabava tirando as chances de títulos. Hoje, após dois anos ele se mantém um ótimo piloto e diminuiu bastante suas quedas. Há também outros grandes pilotos que estão sempre em evolução, como é o caso do Balbi Jr., por exemplo.

Moto.com.br: Você já competiu em diversos campeonatos principalmente na Europa, gostaríamos de saber sua opinião em relação as organizações das provas aqui no Brasil. Você acha que deixa a desejar em relação às provas de lá?

Carlos Campano: Desde que cheguei aqui em 2012 percebi que em relação à organização e horários evoluiu. Mas, também deixou a desejar em questão dos locais das provas. No primeiro ano que competi as pistas eram maiores e as cidades cedes tinham estruturas. Este ano competimos em pistas menores e piores e em muitas vezes em lugares muito longe, nem mesmo um hospital próximo. Neste caso deve-se ter obrigatoriamente um helicóptero para resgate dos pilotos em caso de acidentes.

Moto.com.br: Qual etapa deste ano no Campeonato Brasileiro que você considerou a mais difícil? Qual foi a que você mais gostou e os tipos de terreno que prefere andar?

Carlos Campano: Para mim a pior etapa foi a de Pedra Bonita, em Minas Gerais. A cidade mineira não tinha estrutura para receber a competição, para chegar lá são vários quilômetros de estradas de terra muito sinuosos, o hospital mais próximo fica a cerca de 50 km de distância. Já a que mais gostei foi a de Santa Maria (RS). Prefiro competir em terrenos arenosos, pois você consegue abrir diferença de tempo devido à pista pesada, e se chover não tem problema nenhum.

Moto.com.br: No ano passado você foi vice campeão do Arena Cross e do Brasileiro e este ano com uma moto nova venceu as duas competições. Qual diferença você sentiu entre o modelo 2013 e o 2014?

Carlos Campano: A versão 2014 melhorou bastante e é totalmente diferente se você andar com uma e depois andar com a outra. O motor recebeu alterações e está mais forte, larguei na frente em quase todas as provas. Mas, a principal diferença que senti foi estrutural, com a alteração do chassi. É uma moto que gosto bastante de pilotar e estou muito satisfeito com sua evolução.

Moto.com.br: Quais são seus planos para o futuro, pretende competir o mundial ou pensa em ficar no Brasil?

Carlos Campano: Meu contrato com a Yamaha vai até o próximo ano e pretendo continuar por aqui por muito tempo. Não tenho planos de competir no Mundial, pois é uma competição muito cara e precisa de alto investimento, principalmente na moto. Gostaria de competir, mas no momento é impossível. Se surgir a oportunidade quero participar pelo menos de alguma etapa.

Saiba mais sobre o Campeão Brasileiro de Motocross 2014

Carlos Campano

Carlos Campano é um dos grandes nomes da história do motocross espanhol - e agora, do brasileiro. Começou a pilotar aos 4 anos de idade. Aos 9, ganhou seu primeiro campeonato espanhol, na categoria 60cc.

Subiu para a categoria MX2 (profissional) em 2002, se tornando Vice-campeão Espanhol de Supercross. No mesmo ano, estreou no Mundial de Motocross.

De 2004 a 2011, foi convocado todos os anos pela Federação Espanhola para integrar a equipe do Motocross das Nações. Em 2006, conquistou seu primeiro campeonato espanhol na categoria MX2, sendo o primeiro piloto da Andaluzia a conquistar tal feito.

Ainda antes de completar 23 anos, em 2008, se transferiu para a principal categoria do esporte, a MX1, pilotando motocicletas de 450cc.

No ano seguinte, em 2009, fez sua primeira corrida no Brasil, durante o Mundial de Motocross realizado em Canelinha, Santa Catarina. Conquistou aqui um dos grandes resultados de sua carreira, o sexto lugar na categoria MX1 (atual MXGP). Neste ano também ganhou o campeonato espanhol de 450cc (novamente o primeiro da Andaluzia a fazer isso).

Em 2010, viveu o ápice ao se tornar campeão mundial de motocross na categoria MX3.

Em 2011 fechou a parceria com o Grupo Geração e da Yamaha e participou de uma prova internacional realizada em Canelinha, SC. Venceu e começou sua história de conquistas no Brasil.

Em 2012, se mudou em definitivo para viver em São José, na Grande Florianópolis, e defender as cores da Yamaha. Se consagrou então campeão brasileiro de motocross e da Superliga Brasil de Motocross, ambos na categoria MX1. Além disso, foi vice-campeão do Arena Cross 2012.

Em 2013, sofreu com lesões e acabou vice-campeão brasileiro e vice-campeão do Arena Cross (a Superliga foi extinta).

Em 2014, conquistou os dois títulos mais importantes do motocross brasileiro, um na MX1 do Brasileiro de Motocross e outro na categoria Pró do Arena Cross.

Data de nascimento: 15 de setembro de 1985

Cidade natal: Sevilha – Espanha

Onde reside: São José – Santa Catarina

Motocicleta: Yamaha YZ450F

Site: www.carloscampano.com

 Fotos: Paulo Souza/Divulgação Yamaha

 



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Yamaha YS 125 na Europa tem visual da moto brasileira

Projeto Motostory e Veteran Motorcycle Clube firmam parceria

Indian apresenta nova Roadmaster Classic nos EUA

Hayabusa's Day RS anuncia encontro 2017 em Porto Alegre

Ducati Mooca leva máquinas italianas para Zona Leste

Moto voadora Hoversurf Scorpion-3 vira solução áerea

KTM anuncia lançamento da linha de enduro 2017 no Brasil

Kawasaki Z900 esbanja potência e oferece pouca eletrônica

KTM 1290 Super Adventure S, pronta para qualquer aventura

Lego faz BMW R 1200 GS Adventure brinquedo de gente grande

Moto voadora Hoversurf Scorpion-3 vira solução áerea

Yamaha YS 125 na Europa tem visual da moto brasileira

Veja as 10 Nakeds acima de 600cc mais procuradas no site

Indian apresenta nova Roadmaster Classic nos EUA


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras