moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Com vendas em baixa é boa hora para comprar moto

Mercado brasileiro oferece diversas promoções e condições especiais para sair por aí de motocicleta nova

28 de July de 2015
Compartilhe este conteúdo:

Guilherme Silveira

Em meio à crise econômica, o momento de “vacas magras” se torna mais atraente para comprar a tão sonhada moto “0 km”. Apesar de alguns bancos ainda manterem maus olhos (e altas taxas) para liberação de crédito, há um grande número de promoções “pipocando” em campanhas de marcas diversas.

Em alguns casos, há motos com boas vantagens em valores à vista, bem como condições de compra para o consumidor que quer fugir do transporte coletivo, ou mesmo deixar o carro na garagem.

Mercado em queda
No primeiro semestre deste ano, as vendas de motos tiveram recuo de 10,5% em relação ao mesmo período de 2014. Em outras palavras, diante da produção anual que previa vendas estáveis, há muita moto “sobrando” nos estoques. Nacionais, importadas ou nacionalizadas em Manaus estão com condições especiais de vendas, a exemplo de financiamentos com “juro zero” (normalmente ao dar entrada de 50%), e consórcios com mensalidades atraentes.

A Honda, por exemplo, lançou campanha de descontos para motos de média e alta capacidade em São Paulo. Em algumas revendas, a CB 300R sai por R$ 12.990 (ante os R$ 14.550 de tabela) e XRE 300, de R$ 16.375 por R$ 14.990. Já a nova CB 650 pode ser achada com “bônus” de R$ 2.000, ou, R$ 29.990.

Pesquisar é fundamental
A hora é ainda melhor para barganhar, a exemplo de um Honda PCX que foi vendido por R$ 9.200 – contra R$ 9.800 médios praticados em São Paulo. Fátima Lima, fisioterapeuta, pesquisou e fez uma espécie de “leilão”: “tinha o dinheiro guardado, portanto pesquisei e negociei em três revendas próximas. No fim, uma loja cobriu o valor com desconto oferecido pela concorrente, e levei o scooter. Fiquei satisfeita, ainda vou rodar bastante com ele e, quando quiser vendê-lo, sei que perderei menos”, completa.

Pesquisar em diferentes revendas é fundamental, afinal o bom preço vai depender do estoque. Para tentar um desconto em uma loja concorrente, lembre-se que é preciso ter alguma comprovação por escrito do valor que foi “fechado”.

Facilidades e descontos premium
Essa também é a hora do motociclista que pensa em investir em uma moto Premium. Na rede BMW, por exemplo, a venda dos modelos G 650GS e F 800 GS (R$ 29.800 e R$ 43.350, na ordem), é “quebrada” em 50% de entrada e o restante pago em dez vezes no cartão de crédito. Claro que isso depende de uma bela linha de crédito com a operadora, mas pode valer a pena para quem poupou para ter uma moto grande na garagem.

A marca alemã também oferece o plano BMW Select, no qual alguns modelos podem ser adquiridos com uma entrada de cerca de 30% e 24 parcelas mensais iguais, mais uma parcela final de 50%. Existe ainda o benefício de contar com a garantia de recompra da moto pelo concessionário, quando for trocar por outra nova.

De maneira geral, as marcas de motos importadas – maioria montada em partes em Manaus – têm oferecido bons descontos e facilidades. Consultamos o valor de duas Triumph em uma revenda de São Paulo, e ao telefone já “conseguimos” bons descontos à vista. A Bonneville T 100 2015, por exemplo, seria vendida a R$ 30 mil (contra R$ 32.500 normais), enquanto a nova Tiger 800 XCX, de R$ 45.400, por R$ 44.000.
O financiamento dos dois modelos – segundo o vendedor, feito apenas sob o valor “cheio” das motos – teria taxa de 1% ao mês em plano de 24 vezes (com entrada de 50%), ou 1,5% mensais com entrada menor e em até 48 meses.

Em uma autorizada da marca Harley-Davidson, que iniciou campanha para os modelos Iron 883 e Forty Eight, o desconto consultado via telefone foi R$ 2 mil em relação ao valor promocional anunciado no site da marca. Ou, R$ 32.900 para a 883 e R$ 37.200 para sair de Forty Eight por aí.

Solícito, o vendedor inclusive deixou o convite para um test-ride, prática que pode valer a pena. Além de poder avaliar a moto desejada, é possível negociar melhor o valor e as condições de compra. No caso das Harley, a cotação de financiamento resultou em atraentes 0,5% ao mês sob entrada de 50%, com pagamento em até 24 vezes.



Fonte:
Agência Infomoto
Compartilhe este conteúdo:

Honda CBR 250RR de competição é mostrada no Salão de Osaka

LifeMotosBr: CBR 600F - Hayabusa´s Day agita Porto Alegre

Vyrus 986 M2 Stradale: protótipo direto da Moto2 para as ruas

Ryno Motors é um inovador e moderno monociclo elétrico

Enquete MOTO.com.br - Que trail compacta você quer no Brasil

Honda futurista aparece em novo filme de Scarlett Johansson

Yamaha XJ6N ganha novo esquema de cores na linha 2018

Yamaha XJ6N ganha novo esquema de cores na linha 2018

Hesketh Valiant SC é uma incrível máquina de 210 cavalos

Honda futurista aparece em novo filme de Scarlett Johansson

Harley-Davidson anuncia o lançamento da Street Rod 750

Honda CRF1000L Africa Twin ganha versão mais extrema na Itália

BMW Motorrad divulga tabela de preços atualizada para o mês de março

Aniversário de 148 anos da invenção da motocicleta


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras