moto.com.br
Publicidade:

Acontece

CET faz testes com bolsões de motos nas vias de São Paulo

03 de May de 2013
Compartilhe este conteúdo:

No sentido de tentar melhorar as condições de segurança para os motociclistas e ciclistas, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) está testando uma nova sinalização horizontal na cidade de São Paulo, ainda em caráter experimental, que delimita uma área exclusiva de espera para motos e bicicletas.

A sinalização está localizada entre a faixa de pedestres e os automóveis e demais veículos parados no vermelho do semáforo veicular, aguardando o mesmo se abrir. Assim os motociclistas e ciclistas podem se posicionar na frente para esperar o semáforo abrir e não precisam se movimentar entre os veículos.

O novo bolsão de motos e bicicletas está funcionando na Avenida Rebouças (sentido Centro), na inserção com a Rua Estados Unidos, nos Jardins. Esse mesmo sistema também foi implantado na extremidade do Viaduto do Chá, no cruzamento com a Rua Xavier de Toledo (em frente ao Teatro Municipal), no final do mês de abril.

A diferença do bolsão da Rebouças para o cruzamento do Centro é que o da Rebouças fica colocado ao lado do corredor de ônibus existente ao longo da via. Vale ressaltar que o corredor fica preservado. A reserva é feita a partir da sinalização do trecho exclusivo para ônibus. Portanto, ocupando duas, das três faixas de rolamento existentes.

No Viaduto do Chá, a caixa de acomodação tem 5 metros de comprimento, e na Av. Rebouças, possui 7 metros, sendo um pouco maior em razão do volume maior de motos em circulação.

A CET está analisando o comportamento dos usuários para saber se eles estão se adaptando bem à novidade. Numa avaliação preliminar, os motoristas estão respeitando bem a medida.

Já os motociclistas e ciclistas ainda estão se adaptando à nova sinalização e a intenção é expandir o bolsão para outros pontos da cidade, onde há grande concentração veicular, bem como de motos e ciclistas.

Nessa fase inicial as autuações não estão sendo registradas pela fiscalização, pois trata-se de um trabalho piloto na área de Segurança Viária, portanto, os agentes da CET estão fazendo um trabalho educativo, orientando a todos.

Pedestres, ciclistas e os motociclistas são estão mais vulneráveis a acidentes no trânsito. Em 2012, das 1.231 pessoas que perderam a vida vítimas de ocorrências fatais no sistema viário, 540 (43,8%) eram pedestres, 438 (35,5%) conduziam motocicleta e 52 (4,2%) estavam pedalando.

Os locais foram escolhidos em função do volume considerável de motocicletas e bicicletas que passam nessas vias. No cruzamento formado pelo Viaduto do Chá, Praça Ramos de Azevedo e Rua Cel. Xavier de Toledo, contagem feita pela CET revela que circulam em média 428 motos e 37 bicicletas na hora-pico manhã (das 9 às 10 horas) e 686 motocicletas e 51 bicicletas na hora-pico tarde (das 16h30 às 17h30).

Já na Av. Rebouças, no sentido Centro, onde está a segunda caixa de acomodação, transita um volume médio de 3.700 motos no pico da manhã (das 7 às 10 horas).

A iniciativa tem como objetivos:
• Proporcionar maior segurança para as motocicletas e ciclistas, diminuindo o conflito com autos no momento da largada no verde do semáforo;
• Aumentar o respeito das motos à linha de retenção e à faixa de travessia;
• Dar maior visibilidade às motos junto às travessias de pedestres;
• Diminuir o número de acidentes envolvendo motos, ciclistas e pedestres no cruzamento.

Vale lembrar que essa sinalização é novidade no trânsito paulistano, mas já vem sendo usada com êxito em cidades espanholas como Barcelona e Madri. Em Barcelona, foi testada em três cruzamentos em 2009 e, posteriormente, expandida para outros locais, atingindo atualmente 60 (sessenta) cruzamentos sinalizados.

A autoridade de trânsito de Barcelona, onde as motos são 29% da frota de veículos, avalia que a área de espera exclusiva para motos diminuiu em 90% o risco de acidentes com motos nos cruzamentos daquela metrópole. A inovação da CET é atuar na segregação também para os ciclistas.

Fotos: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Ducati 1299 Superleggera chega ao Brasil por R$ 550 mil

Moto elétrica da marca dinamarquesa Fenris acelera a 300 km/h

KTM oferece as motos de enduro com bônus de fábrica

Abraciclo: Produção de motos recua ao patamar de 2002

Ducati lança aplicativo para simular financiamento de motos

Triple Triumph inaugura nova loja em Miami (Estados Unidos)

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Nova Kawasaki Ninja H2 Carbon chega por R$ 164 mil

Honda apresenta linha 2017 da aventureira XRE 300 no país

Polícia de SP vai combater crime de Triumph Tiger 800 XCx

Triumph revela linha 2017 da Street Triple na Inglaterra

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Honda apresentará Rebel 500 no Salão de Verona (ITA)

Conheça a história dos motores Harley-Davidson


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras