moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Brasil no ranking TomTom de cidades com pior trânsito

09 de May de 2016
Compartilhe este conteúdo:

A TomTom divulgou seu relatório anual TomTomTraffic Index 2016 com informações sobre as cidades mais congestionadas do mundo. E para os motoristas do Rio de Janeiro as notícias não são boas, pois a cidade revelou-se a mais congestionada no Brasil. Em 2015, os motoristas do Rio gastaram 47% a mais de tempo parados no trânsito a qualquer hora do dia e até 79% nos períodos de pico no final do dia em comparação com uma situação de fluxo livre, sem congestionamentos – acrescentando até 165 horas a mais de viagem por ano.

O relatório da empresa mundial de sistemas e tecnologias de navegação de veículos TomTom tem como base o Índice de Nível de Congestionamento, que é o tempo adicional (em porcentagem) que o motorista levará no trânsito em comparação com uma situação em que não há congestionamento. Utilizando dados de 2015, o TomTom Traffic Index avalia a situação do congestionamento de trânsito em 295 cidades de 38 países em seis continentes. A TomTom trabalha com 14 trilhões de pontos de dados, acumulados durante oito anos. Este é a quinta edição do relatório.

No Brasil, depois do Rio de Janeiro (4º), as próximas cidades na classificação são Salvador (7º) e Recife (8º), ambas com 43%, Fortaleza (41º) com 33% e São Paulo (58º) com 29%, compondo as cinco capitais com o trânsito mais congestionado no país e que figuram com destaque no ranking mundial de cidades com maior lentidão no trânsito. Depois ainda aparecem Belo Horizonte (78º) com 27%, Porto Alegre (109º) com 22%, Brasília (123º) com 19% e Curitiba (126º) com 18%.

“Os dados históricos de trânsito da TomTom mostram que os congestionamentos subiram 13% globalmente desde 2008. Entretanto, observamos uma melhora no Rio de Janeiro no último ano, de 51% para 47%. Isso pode ser um reflexo inicial dos investimentos em mobilidades que a cidade vem recebendo nos últimos anos. Com a consolidação do TomTom Traffic Index, é possível verificar a evolução de diversas cidades no Brasil e oferecer dados detalhados para ajudar nos planejamentos destas cidades”, comenta Marcelo Fernandes, Diretor de Operações da TomTom para América Latina. 

O congestionamento aumentou globalmente
Embora os dados históricos da TomTom tenham revelado um aumento de congestionamento de trânsito ao longo dos anos, há diferenças significativas entre os continentes. Enquanto os congestionamentos na América do Norte aumentaram em 17%, na Europa eles aumentaram apenas 2%. O fato pode estar relacionado ao crescimento econômico na América do Norte e à depressão econômica no restante da Europa. Os dados europeus podem ser fortemente influenciados pelos países do sul da Europa como Itália (-7%) e Espanha (-13%), onde ocorreram reduções marcantes nos congestionamentos de trânsito nos últimos oito anos.

”O relatório é divulgado todo ano para auxiliar os motoristas, cidades e planejadores do transporte urbano a entender as tendências do trânsito, porém o mais importante é como melhorar a situação global do trânsito. Realmente queremos que todos pensem em como reduzir o tempo desperdiçado no trânsito, todos os dias – e compreendam que cada um de nós deve fazer a sua parte. Se apenas cinco por cento de nós alterássemos os nossos planos de viagem, o tempo de deslocamento nas principais estradas seria reduzido em até 30%. Coletivamente, podemos trabalhar juntos para vencer os congestionamentos de trânsito”, explica Ralf-Peter Schaefer, vice-presidente da TomTom Traffic.

O executivo explica que as autoridades rodoviárias e governos locais podem usar os dados de tráfego da TomTompara administrar o fluxo do trânsito durante a hora do rush. “Podemos auxiliar as empresas no planejamento de horários de trabalho mais inteligentes para ajudar os funcionários a evitar deslocamentos durante a hora do rush. Fornecemos aos motoristas informações do trânsito em tempo real e o roteamento inteligente do tráfego de que precisam para evitar estradas congestionadas e chegar aonde querem, mais depressa”, diz Schaefer.

As pessoas podem saber mais sobre o TomTom Traffic e descobrir qual é a classificação da sua cidade no site tomtom.com/trafficindex. Ali também é possível encontrar orientações sobre como vencer os congestionamentos de trânsito e algumas análises independentes. E, pela primeira vez, uma seleção de ‘Perfis de Cidades’ oferece detalhes sobre as medidas que estão adotando para melhorar a mobilidade.

Classificação das cidades mais congestionadas do mundo em 2015
(nível diário geral de congestionamento– tempo adicional de percurso – população acima de 800 mil pessoas)
 
1 - Cidade do México  59%
2 - Bangkok              57%
3 - Istanbul               50%
4 - Rio De Janeiro     47%
5 - Moscou               44%
6 - Bucareste           43%
7 - Salvador             43%
8 - Recife                 43%
9 - Chengdu             41%
10 - Los Angeles       41%
 
Foto: Divulgação


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Moto impressa em 3D tem motor da Kawasaki H2

Ducati tem nova tabela de preços para dezembro no Brasil

Yamaha MT-07 conta com novas cores para 2017

Mercado: Venda de motos cresce 13,27% em novembro

Detran.SP: Permissão internacional pode ser solicitada online

Manutenção correta do freio é sinônimo de segurança na moto

Honda CRF 1000L Africa Twin ganha ainda mais apelo Off Road

BMW apresenta a aventureira compacta G 310 GS

Nova Honda CBR 1000RR SP é puro sangue em rédea curta

Mudanças deixam Yamaha MT-09 mais radical para 2017

Suzuki V-Strom 250 2017 mostra a cara no Salão de Milão

Honda CRF 1000L Africa Twin chega nas lojas a partir de R$ 64.900

Yamaha promete inusitada Ténéré 700 para 2018

Honda revela nova custom Rebel 500 nos Estados Unidos


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras