moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Abraciclo: Produção e vendas de motos caem em agosto

09 de September de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Segundo dados da Abraciclo (associação dos fabricantes), no mês de agosto foram produzidas 129.768 motocicletas, contra 135.504 no mês anterior, correspondendo a uma redução de 4,2%. Em contrapartida, as vendas no atacado – das montadoras para as concessionárias – cresceram 7% entre o período, passando de 103.023 unidades (julho) para 120.936 (agosto). 

Entretanto, quando comparadas com o mesmo período do ano passado, os números não são animadores. No oitavo mês de 2013 foram fabricadas 157.854 motocicletas, o que corresponde a um decréscimo de 17,8% em relação a agosto do presente ano. Já as vendas no atacado apresentaram queda de 6,8%, contra 129.774 unidades (2013). 

No acumulado do ano, a retração se mantém. A produção registrou declínio de 7%, passando de 1.112.472 unidades, nos primeiros oito meses de 2013, para 1.034.885, no mesmo período de 2014. A comercialização para as concessionárias contou com recuo de 9,6%, com 950.743 (2014) contra 1.052.200 (2013) motocicletas comercializadas. 

Já as exportações registraram alta de 26,7% na comparação entre agosto e julho, com 9.530 unidades frente à 7.519. Porém, com relação ao mesmo mês de 2013, a queda foi de 31,6% (13.941). No acumulado do ano, com 68.264 contra 62.468 unidades comercializadas, o decréscimo registrado foi de 8,5%. 

No acumulado do varejo de janeiro a agosto, os emplacamentos ficaram 6,1% inferiores ao volume registrado nos primeiros oito meses de 2013, com 1.011.528 contra 949.921 unidades. 

Em agosto foram emplacadas 111.291 unidades, volume 8% abaixo de julho (121.012 unidades). Na comparação com o mesmo período de 2013 (129.050 unidades), o recuo foi de 13,8%. A média diária de vendas de agosto, que teve 21 dias úteis, ficou em 5.300 unidades, volume apenas 0,73% superior ao de julho (5.261 unidades), que contou com 23 dias de comercialização. Em comparação com agosto de 2013 (média diária de 5.886 unidades), com  22 dias de vendas, houve redução de 9,65%. 

“Os resultados de agosto ficaram abaixo das expectativas, com as vendas no varejo muito inferiores à média diária prevista de 6 mil unidades. Isso mostra que as recentes medidas de estímulo anunciadas pelo governo federal ainda não repercutiram no mercado e, além disso, persistem as dificuldades de comercialização, sobretudo relacionadas à seletividade na concessão de crédito. Vamos aguardar os resultados efetivos dessas medidas para setembro, para que o mercado, ao menos, retorne aos níveis de negócios habitualmente verificados no segundo semestre de anos anteriores”, avalia Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo. 

Foto: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Moto impressa em 3D tem motor da Kawasaki H2

Ducati tem nova tabela de preços para dezembro no Brasil

Yamaha MT-07 conta com novas cores para 2017

Mercado: Venda de motos cresce 13,27% em novembro

Detran.SP: Permissão internacional pode ser solicitada online

Manutenção correta do freio é sinônimo de segurança na moto

Honda CRF 1000L Africa Twin ganha ainda mais apelo Off Road

BMW apresenta a aventureira compacta G 310 GS

Mudanças deixam Yamaha MT-09 mais radical para 2017

Suzuki V-Strom 250 2017 mostra a cara no Salão de Milão

Yamaha promete inusitada Ténéré 700 para 2018

Honda CRF 1000L Africa Twin chega nas lojas a partir de R$ 64.900

Honda revela nova custom Rebel 500 nos Estados Unidos

Ducati barbariza com novos modelos da linha 2017


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras