moto.com.br
Publicidade:

Acontece

Abraciclo: média diária de venda de motos é a menor em 11 anos

08 de March de 2016
Compartilhe este conteúdo:

De acordo com balanço divulgado pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, a Abraciclo, a fabricação de motocicletas recuou 6,5% em fevereiro, totalizando 71.057 unidades, contra 75.959 registradas em janeiro. Caso a comparação seja feita com o mesmo mês do ano passado, quando saíram das linhas de produção 110.823 motocicletas, houve uma queda de 35,9%.

Apesar do crescimento de 24,3% nas vendas no atacado – das fábricas para as concessionárias – em fevereiro, em comparação ao mês anterior, passando de 58.801 para 73.079 unidades, os números apresentaram queda de 32,7% em relação a fevereiro de 2015, quando foram comercializadas 108.637 unidades.

“Vale lembrar que em fevereiro celebramos o Carnaval, o que explica a queda na produção em relação ao mês de janeiro. Porém, o mercado de motocicletas, assim como outros setores da economia, é impactado pelo atual cenário de instabilidade política e econômica do País, atrelada à falta de confiança do consumidor. Desta forma, não descartamos a necessidade de uma revisão nas projeções do setor para 2016”, declara Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Já as exportações de fevereiro somaram 5.692 motocicletas, uma alta de 70,6%, em relação a janeiro, e expressivo crescimento de 128,5%, em comparação com o mesmo mês de 2015. Os resultados refletem principalmente a viabilização de mais negócios na Argentina.

Média diária de Vendas
No varejo, foram vendidas 74.404* motocicletas, o que representa um recuo de 5,3% frente ao volume de janeiro, com 78.538 unidades e de 20,7% em relação a fevereiro de 2015 (93.806).

Mesmo com um dia útil a mais que no ano passado (20 dias), a média diária de vendas apresentou queda de 24,6%, passando de 4.937 para 3.720 motocicletas – o menor índice desde março de 2005, que havia registrado 3.729 unidades/dia.


Foto: Honda/Divulgação

(*) Foram desconsiderados os ciclomotores usados, cujo licenciamento junto aos Detrans passou a ser obrigatório a partir da Lei nº 13.154, de 30/07/2015, e da Resolução Contran nº 555/15, de 17/09/2015.

 



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Moto elétrica da marca dinamarquesa Fenris acelera a 300 km/h

KTM oferece as motos de enduro com bônus de fábrica

Abraciclo: Produção de motos recua ao patamar de 2002

Ducati lança aplicativo para simular financiamento de motos

Triple Triumph inaugura nova loja em Miami (Estados Unidos)

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Salão Moto Brasil tem muitas atrações no Rio de Janeiro

Nova Kawasaki Ninja H2 Carbon chega por R$ 164 mil

Honda apresenta linha 2017 da aventureira XRE 300 no país

Polícia de SP vai combater crime de Triumph Tiger 800 XCx

Triumph revela linha 2017 da Street Triple na Inglaterra

Ducati Diavel Diesel desfila em Milão como moto fashion

Honda apresentará Rebel 500 no Salão de Verona (ITA)

Clássica Honda CB 1100EX chega aos EUA


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras