moto.com.br

Publicidade:

Acontece

1700 cilindradas e 200 cavalos de potência

24 de June de 2009
Compartilhe este conteúdo:

Há 23 anos a Yamaha V-Max 1200 deixava de ser uma moto conceito para ser produzida em série. Com um motor V4 e 145 cv de potência, ela fazia de 0 a 100 km/h em apenas três segundos, desempenho que lhe rendeu admiradores em todo o mundo.

Não foi só o ronco singular e a potência do V4 que levaram a moto ao sucesso. Seu design, mistura de clássica, com moderna e estradeira, adotava entradas de ar sob o falso tanque e acessórios cromados, que conferiam a ela um estilo próprio. A V-Max se tornou uma exclusividade em 23 anos de pouquíssimas alterações. Agora, vem a sua sucessora, um pouco mais forte, a V-Max 1800.

A Yamaha trabalhou duro para manter o espírito original da V-Max. O projetou da moto tecnologicamente ultra-sofisticada foi apresentado inicialmente como uma moto-conceito e, após agradar o público em exposições e pesquisas, finalmente foi produzida em série, tomando assim o lugar da antiga versão 1200.

O motor V4 com 1.674 cm³, atinge 200cv de potência a 9.000 rpm, com torque máximo declarado de 17kgf.m a 6.500 rpm. Esta maravilha ainda possui o sistema mais avançado de gerenciamento eletrônico da Yamaha, os YCC-I e YCC-T (Yamaha Chip Controlled Intake e Yamaha Chop Controlled Throttle), que controlam tanto os dutos de admissão como as borboletas dos corpos de injeção através de inúmeros sensores ligados a ECU. Por ser uma moto sem qualquer proteção aerodinâmica, a V-Max 1800 vem com um sistema eletrônico que limita sua velocidade a 225km/h.

As características que consagraram o modelo também estão presentes na nova versão: permanecem o duplo escape largo e curto e as entradas de ar sob o falso tanque. As suspensões, dianteira telescópica e traseira bichoque, são semelhantes às da antiga V-Max, porém agora com mais potência. Para frear toda essa usina de força os freios foram emprestados da superesportiva R1, com pinças radiais de seis pistões na dianteira.

A V-Max é uma moto que nasceu para rodar em linha reta. Muitos pilotos já salientaram a dificuldade para fazer curvas e a limitação de frenagem, no entanto, nenhuma dessas peculiaridades tirou o brilho do modelo que sobreviveu durante tanto tempo e com o lançamento da nova V-Max 1800 deverá brilhar ainda mais.

A nova “moto-dragster” da Yamaha é importada pela PIVA Import, e pode ser encontrada na Av. dos Bandeirantes, 1350.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Shineray inaugura fábrica no complexo de Suape

Traxx Fly 150 chega às revendas da marca

Honda VFR 800X já disponível na América do Sul

Yamaha apresenta novas Lander 250 e Fazer 150 2016

KTM 390 Duke é atração da Orange BH no BikeFest

Detran.SP vai promover um leilão com 483 veículos

Inventor cria moto que funciona com água do Tietê

Panigale R, uma Ducati de pista nascida para as ruas

Yamaha apresenta novas Lander 250 e Fazer 150 2016

Moto elétrica italiana percorre 650 km em um dia

KTM 390 Duke é atração da Orange BH no BikeFest

Detran.SP vai promover um leilão com 483 veículos

Inventor cria moto que funciona com água do Tietê

KTM estuda projeto da nova 390 Adventure Tourer


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras