moto.com.br

Publicidade:

Acontece

1700 cilindradas e 200 cavalos de potência

24 de June de 2009
Compartilhe este conteúdo:

Há 23 anos a Yamaha V-Max 1200 deixava de ser uma moto conceito para ser produzida em série. Com um motor V4 e 145 cv de potência, ela fazia de 0 a 100 km/h em apenas três segundos, desempenho que lhe rendeu admiradores em todo o mundo.

Não foi só o ronco singular e a potência do V4 que levaram a moto ao sucesso. Seu design, mistura de clássica, com moderna e estradeira, adotava entradas de ar sob o falso tanque e acessórios cromados, que conferiam a ela um estilo próprio. A V-Max se tornou uma exclusividade em 23 anos de pouquíssimas alterações. Agora, vem a sua sucessora, um pouco mais forte, a V-Max 1800.

A Yamaha trabalhou duro para manter o espírito original da V-Max. O projetou da moto tecnologicamente ultra-sofisticada foi apresentado inicialmente como uma moto-conceito e, após agradar o público em exposições e pesquisas, finalmente foi produzida em série, tomando assim o lugar da antiga versão 1200.

O motor V4 com 1.674 cm³, atinge 200cv de potência a 9.000 rpm, com torque máximo declarado de 17kgf.m a 6.500 rpm. Esta maravilha ainda possui o sistema mais avançado de gerenciamento eletrônico da Yamaha, os YCC-I e YCC-T (Yamaha Chip Controlled Intake e Yamaha Chop Controlled Throttle), que controlam tanto os dutos de admissão como as borboletas dos corpos de injeção através de inúmeros sensores ligados a ECU. Por ser uma moto sem qualquer proteção aerodinâmica, a V-Max 1800 vem com um sistema eletrônico que limita sua velocidade a 225km/h.

As características que consagraram o modelo também estão presentes na nova versão: permanecem o duplo escape largo e curto e as entradas de ar sob o falso tanque. As suspensões, dianteira telescópica e traseira bichoque, são semelhantes às da antiga V-Max, porém agora com mais potência. Para frear toda essa usina de força os freios foram emprestados da superesportiva R1, com pinças radiais de seis pistões na dianteira.

A V-Max é uma moto que nasceu para rodar em linha reta. Muitos pilotos já salientaram a dificuldade para fazer curvas e a limitação de frenagem, no entanto, nenhuma dessas peculiaridades tirou o brilho do modelo que sobreviveu durante tanto tempo e com o lançamento da nova V-Max 1800 deverá brilhar ainda mais.

A nova “moto-dragster” da Yamaha é importada pela PIVA Import, e pode ser encontrada na Av. dos Bandeirantes, 1350.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Detran.SP oferece consulta de débitos e restrições

Preço competitivo para a nova moto MXF 250R

Yamaha anuncia recall da XT 660R e da XT 660Z Ténéré

Victory vai além do turismo em drifting promocional

Piaggio acusa Peugeot e Yamaha de plágio

Compre uma moto usada sem medo de ser feliz!

Pósitron oferece dicas importantes contra roubo e furto

BMW R 1200R fica mais moderna e agressiva

MV Agusta planeja nova plataforma de quatro cilindros

Compre uma moto usada sem medo de ser feliz!

Yamaha anuncia recall da XT 660R e da XT 660Z Ténéré

Pósitron oferece dicas importantes contra roubo e furto

Kawasaki Ninja ZX-10R revelada nova versão nos EUA

Preço competitivo para a nova moto MXF 250R


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Últimos Anúncios

Montadoras